Monday, June 30, 2008

Amar

Monday, June 30, 2008

"Amar não é aceitar tudo. Aliás: onde tudo é aceito,
desconfio que há falta de amor.
"

Vladimir Maiakóvski

Eu concordo.

E sempre é tempo de amar.

SEMPRE.

Tempo é amor. Sempre. Amor sem tempo.

SEMPRE, o amor.

Eu amo. Eu gosto. Eu sou assim. Amo.

SEMPRE.

Estou de volta.

(não totalmente AZUL, como gostaria.
Mãe é . E a gente sente. Sofre. Pede.)



PS: Obrigada pelo carinho e presença durante a ausência.


beijos e boa semana,

Tina

19 comments:

  1. Amar faz bem. Renova a alma! Adoro suas mensagens. São sempre inspiradoras. Beijos

    ReplyDelete
  2. AH! Sempre o amor e sua intensidade. Sua forma de perfeição que faz o sorrir ser mais límpido, intenso, fresco, cheio de cor e possibilidades. Vamos amar...
    Beijos moça e boa semana para ti!

    ReplyDelete
  3. This comment has been removed by the author.

    ReplyDelete
  4. Bom que vc voltou! Estava faltando algo neste céu... :) Bjs, boa semana

    ReplyDelete
  5. Momentos vêm e passam... mas a lua nos ilumina sempre! Feliz retorno, cara amiga.

    ReplyDelete
  6. verdade mesmo. Falar o AMOR é facil. Duro é vivencia-lo.
    Beijos!!

    ReplyDelete
  7. Querida Tina,
    Já estava com saudade ...
    Maiakóvski é sempre especial.
    Mil beijinhos!

    ReplyDelete
  8. Re_Ventania10:27 PM

    A lua sempre brilha, nunca da mesma forma, mas sempre brilha.

    E amor, é tudo na vida da gente.

    "Toda forma de amor vale a pena..."

    Beijos e fique em paz.

    ReplyDelete
  9. E a volta foi em grande estilo.
    Parabéns, a inspiração está maior do que nunca.
    Beijos

    ReplyDelete
  10. Que coisa mais linda...
    Eu amo tanto que já nem sei viver sem amar, tem horas que preferia não sentir nada, ter um coração de pedra, mas que nada, sou feita de paixão sou movida pelo amor...mas canso, estou cansada.

    Que bom tê-la de volta Tinavózinha querida, tudo vai entrando nos eixos, meio capenga, meio sem ar, mas a vida continua, né?

    Carinho meu pra mãe.
    Procê todo meu amor.

    lindo dia
    beijos

    ReplyDelete
  11. Por isso nao aceito quase nada..

    ReplyDelete
  12. Tina

    Em que estrela vc escondeu...

    Otimo ver voce aqui novamente.

    Aceitar tudo e uma forma de aniquilamento e suicidio.

    Beijinhos

    ReplyDelete
  13. Amor é essencial, é o que nos mantem de pé, vivas...
    Quem bom que está voltando, mesmo que aos poucos....
    Beijocas

    ReplyDelete
  14. O ideal é libertar-se de todas as imposições do sitema e ser livre...A campanha na cabeça da gente nos leva a acreditar em qualquer coisa.

    ReplyDelete
  15. Eu tb concordo...

    beijo

    ReplyDelete
  16. Pensei em você quando li:

    "ELA
    Mas que haverá com a Lua, que, sempre que a gente a olha, é com um novo espanto ?"

    Mario Quintana - Caderno H, p. 14

    ReplyDelete
  17. essa frase inicial é perfeita.
    e mãe é mãe, e uma mãezona como vc, sofre junto mesmo.


    /(,")\\
    ./_\\. Beijossssssssss
    _| |_.................

    ReplyDelete
  18. Ando precisando de amor assim, querida Tina!

    Bem vinda, bem vinda...
    beijos
    P.S. Sei como mãe sempre é.

    ReplyDelete

Obrigada pela sua visita!

 
luzdeluma st © Code is Pocket