Wednesday, December 22, 2010

FELIZ NATAL!

Wednesday, December 22, 2010 14

Feliz Natal a todos!


beijos com saudade de vocês,



Tina



PS: Eu volto, no novo ano.

Saturday, September 18, 2010

Dias de Setembro...

Saturday, September 18, 2010 21

Amigos queridos, meus Amigos virtuais!

Setembro é definitivamente o MÊS! É mês 9 ... e o dia é 18 (o mesmo dia do começo. O número 9 sempre me perseguindo...)

Setembro é mês de marca em minha vida. Eu queria ter nascido em setembro (mas cheguei no último dia de agosto...) afinal setembro é mês lindo no som, nas flores que chegam por aqui, mês das flores que se vão por ...Os dias de setembro.

Setembro me traz e me leva sempre... na sequência.

Setembro, 23 - um dia triste e sem fim em 2004, levou meu pai tão querido;

Setembro, lindo dia 25 em 2007, me alegra com vida da minha vida: meu neto !

Setembro, 19 - outro dia de dor em 2008 , me deixou por aqui, só, sem minha mãe...

Setembro é assim, sem permissão, remissão ou favor, setembro é mixto de alegria e dor.

Setembro é o mês. Setembro é (con)sequência. Ou não.


A partir desse setembro a Lua Azul vai sair do ar... vai aluviar, sumir, viajar, cair num espaço sem fim... se perder no infinito azul. Soul Tina... no time ... semtempo.

Eu gostaria e deveria agradecer nominalmente a todos que me ajudaram, visitaram, divagaram, dividiram, riram e choraram comigo nesse tempo por aqui - mas seria injusta se deixasse de nominar alguém - portanto deixo meu carinho a todos, de verdade. Foi muito bom dividir esse espaço com vocês. A BlueMoon vai sempre girar...

Se algum dia um novo Setembro permitir, volto.


beijos a todos e obrigada desde sempre.

Tina

Monday, September 13, 2010

Divagando

Monday, September 13, 2010 6


" De tanto ver triunfar as nulidades,
prosperar a desonra, crescer a injustiça,
agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus,
o homem chega a desanimar-se da virtude,
a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto."

Rui Barbosa ( 1849 -1923)


Essa vale muito para a gente pensar nesses tempos pré-eleitorais.


beijos e boa semana a todos,


Tina

Monday, September 06, 2010

Momentos

Monday, September 06, 2010 8




Sabor de liberdade para mim é como correr com o vento, atrás de "bolinhas" de sabão...

Essa é para a semana (curta) começar mais feliz.


beijos a todos,


Tina

Tuesday, August 31, 2010

E a festa ?

Tuesday, August 31, 2010 18

Andei pensando por esses dias e cheguei a uma conclusão: eu não gosto de surpresa! Sabem por que ? Penso que seja pelo fato de ter passado a maior parte da minha existência sempre esperando e por vezes até pedindo que me fizessem uma surpresa, fosse num presente, num convite para jantar, num bouquet de flores sem data, num gesto de carinho daqueles sem data ou hora marcada. E para ser honesta, raríssimas vezes fui surpreendida. Surpresa mesmo só tive as que a vida (destino?) me reservou.

Talvez seja minha culpa mesmo essa “ausência” de surpresas na minha vida, pois como boa virginiana, sou uma pessoa metódica, organizada e destesto coisas que fujam ao meu controle e com certeza meus amigos e familiares sabem disso.

Tenho muitos conhecidos, mas amigos eu os conto nos dedos das mãos e ainda sobra dedo. Eu sempre fui festeira, sempre gostei de comemorar, dar presentes, escolher com carinho, sentir a reação da pessoa ao receber, a surpresa, mas na hora de organizar uma festa a coisa muda de figura – e a virginiana volta a imperar. (rs) Tem que estar tudo perfeito, detalhes mínimos que geram ansiedade máxima. E se os convidados não vierem ? E se chover ? E se sobrar comida? E se faltar ? E se o som desafinar ? E se... e se... e mais um zilhão de coisas passavam pela minha cabeça a cada aniversário que se aproximava. Haja coração e calma para curtir a festa...

Já vai longe o tempo em que organizava festas para as minhas filhotas, mas aquela ansiedade ainda é uma constante dentro de mim. Agora não tenho mais esse tipo de preocupação. Agora não tenho mais que preparar festas e nem ando querendo festa. O tempo é sábio, nos dá a alegria de celebrar a festa que é viver e usufrir da experiência em forma de paz.

Hoje é meu aniversário. E a festa ? A festa ficou lá atrás... o negócio agora é viver uma festa a cada novo dia.


beijos a e boa semana a todos.

Tina

Monday, August 23, 2010

Divagando... de volta !

Monday, August 23, 2010 9
"O começo do amor consiste em deixar que as pessoas
a quem amamos
sejam absolutamente elas mesmas
e não em pressioná-las para que amoldem à nossa imagem."


Thomas Merton

Estou de volta. (e continuo a falar de amor. ) Gosto disso. Sou eu mesma.



Obrigada pelas mensagens de carinho e aproveito para dizer que está tudo bem - e por que não mencionar - chegando ao fim o inferno astral... rs


ET: Feliz Aniversário "MFC" minha mais querida amiga! A gente não se fala muito, a gente não se vê muito. Isso não importa pois a gente "se sabe" e isso é o que vale, e faz tempo... amiga . beijos, parabéns e felicidades mil sempre! Você merece.



beijos e boa semana a todos,

Tina

Tuesday, July 27, 2010

Pausa.

Tuesday, July 27, 2010 14

Querer é poder. (?)


A citação é linda e forte mas nem sempre viável, acreditem.

Volto logo que a LER deixar.





(Nesse meio tempo vou continuar brigando com a saudade - luta desigual . É da minha vida.)



beijos e bons tempos a todos,


Tina

Monday, July 19, 2010

3 Amigos

Monday, July 19, 2010 11
"Amigo verdadeiro é aquele que nos quer apesar de nada."

(Sofocleto)

Éramos 3 amigos. Três Mosqueteiros talvez, desde que um dos 3 do romance de Alexandre Dumas fosse uma mulher... naturalmente. Conversávamos de tudo, sobre tudo - família, filhos, futebol, política - e também sobre o nada - naquela alegre e descontraída filosofia de buteco.

Nossa conversa ótima, todo sábado. Nossa amizade nasceu perfeita - era sábado. E assim convivemos por muitos anos, sempre aos sábados.

Nos conhecemos num sábado, literalmente ao "acaso" (se é que isso existe), mas eu creio que foi uma daquelas coisas que estavam escritas para acontecer e marcar - afinal Bob, Tony e eu formávamos um trio lindo de amizade e camaradagem. E sempre que possível tomávamos uma cerveja na lanchonete ao lado do cabelereiro que eu frequentava aos sábados - que foi onde nos conhecemos através de uma amiga em comum. Detalhe: a gente NUNCA marcava nada, simplesmente acontecia.

Não havia nada que a gente não conversasse, discutisse, debatesse. Tudo fluía na maior alegria, na paz, na amizade que a gente dividia. Não divídíamos nossas particularidades e nem de familiares. O nosso universo era só nosso. E era muito bom. Éramos três amigos simplesmente.

Bob totalmente agnóstico, tinha sempre uma explicação. Tony sempre tentava colocar uma dúvida no assunto. E eu ? Ah... eu adorava ser a mediadora da "pseudo-discussão" do dia. (rs)
Mente quem diz que não pode haver amizade entre homem e mulher! Existe sim e eu sou prova disso, mas essa amizade sem vínculo acaba por machucar sabiam ? Existe uma barreira a ser ultrapassada . A humanidade toda sabe que vai acontecer, mas não sabe quando .

Bob partiu num dia de 2007 e eu não fiquei sabendo. Tony me avisou semanas depois - ele não tinha sido avisado no dia também. É... amigos " de buteco" não trocam endereços e nem estão na agenda dos familiares. E isso machuca. verdade.

Nós não tivemos chance de nos despedir do amigo que se foi. O (encontro) e o trio deixou de existir. Ficou uma saudade sem par. No ar.


Saudade desse tempo .

E eu me dei conta de uma verdade: os melhores amigos são SEUS e só. Eles não nos deixam. Eles permanecem na mente e no coração da gente. Não existe adeus, tempo ou dimensão - somos e sempre seremos amigos.

Esse post é dedicado ao meu AMIGO que partiu sabendo que a gente não precisava se despedir.

A gente ainda vai se ver por aí, por lá...



beijo grande e boa semana do AMIGO a todos amigos daqui.


Tina

Monday, July 12, 2010

Sou Vertical...

Monday, July 12, 2010 4

Sou Vertical

"Mas não que não quisesse ser horizontal.
Não sou árvore com minha raiz no solo
Sugando minerais e amor materno
Para a cada março refulgir em folha,
Nem sou a beleza de um canteiro
Colhendo meu quinhão de Ohs e me exibindo em cor,
Desconhecendo que me despetalo em breve.
Comparados a mim, uma árvore é imortal
E um pendão nada alto, embora mais assombroso,
O que eu quero é a longevidade de uma e a audácia do outro.

À luz infinitesimal das estrelas,
Flores e árvores trescalam seus frios perfumes.
Eu me movo entre elas, mas nenhuma me nota.
Chego a pensar que pareço o mais perfeitamente
Com elas quando estou dormindo —
Os pensamentos esmaecem..."

Sylvia Plath (1932 -1963)

Gosto desses dizeres e não vejo tristeza nesse poema, acho que um dos poucos que ela escreveu onde a dor e a tristeza não são o tom maior.

Sylvia Plath nasceu em Boston, USA em 1932. Casou em 1956 com o poeta inglês Ted Hughes, foi com ele morar em Cambridge, Inglaterra e teve dois filhos. Separou-se em 1962, escreveu seus poemas capitais, publicados postumamente no volume Ariel (1965), sua obra mais importante. Dois anos antes, em 1960, lançara o seu primeiro livro, Colossus. Em 11 de fevereiro de 1963, Sylvia Plath aos 30 anos de idade cometeu suicídio.


Triste breve vida desta poeta, não ?


beijos e boa semana a todos,

Tina

Monday, July 05, 2010

Divagando...

Monday, July 05, 2010 11

"Arrependemo-nos raramente de falar pouco,
e muito frequentemente de falar demais."

La Bruyère (1645 - 1696)


Máxima usada e trivial, que todo mundo sabe e que (quase) ninguém pratica, certo ?




"Geralmente as pessoas que sabem pouco falam muito
e as que sabem muito falam pouco."


Gosto muito também dessa citação de Rousseau (1712-1778) que é bem verdadeira. E por hoje é só. Ando falando pouco... rs


beijos e boa semana a todos,

Tina

Monday, June 28, 2010

Pergunta:

Monday, June 28, 2010 8


Por que é que as demonstrações de "patriotismo" e/ou de "amor à Bandeira Nacional" só acontecem de 4 em 4 anos por aqui ?

Onde é que tais demonstrações ficam durante os outros anos? Onde é que elas ficam, por exemplo, no dia "7 de setembro" de qualquer ano ?

Só queria entender.


beijos e boa semana a todos,

Tina

Monday, June 21, 2010

Inv(f)erno

Monday, June 21, 2010 11
"Nunca se é homem enquanto se não encontra alguma coisa
pela qual se estaria disposto a morrer." Jean-Paul Sartre

"Jean-Paul Sartre nasceu no dia 21 de junho de 1905 e enquanto viveu foi um dos filósofos mais populares do mundo. O existencialismo, filosofia que ele se tornou o porta-voz, emergiu como o pensamento que melhor preencheu o vazio para estudantes, intelectuais e revolucionários de uma Europa em ruínas logo após a Segunda Guerra Mundial.

A incessante contestação da autoridade, a revolta contra os valores burgueses e a busca pela liberdade última do indivíduo estão entre as principais características do existencialismo defendido por Sartre. Essas ideias foram adotadas como uma estimulante “filosofia da ação” por jovens ao redor do planeta nas décadas de 50 e 60.

Em 1964 ganhou o Prêmio Nobel de Literatura - mas o recusou, porque não acreditava em se submeter a juízes e seus julgamentos, mesmo quando premiado. Ficou ao lado dos estudantes em maio de 1968, quando os jovens, decididos a viver de acordo com seus próprios valores, se revoltaram em Paris.

Segundo ele "nenhum escritor pode ser transformado em instituição". Morreu em 15 de abril de 1980 e seu funeral foi acompanhado por mais de 50 000 pessoas. Está enterrado mesmo túmulo onde jaz Simone de Beauvoir".(texto adaptado)

A biografia é extensa e rica, mas vou ficar por aqui - sem esquecer que o romance Sartre & Simone é digno e merecedor de posts "sem fim" afinal, amor assim não pode e nem deve ser relevado. Tem que ser lembrado.


"Frio não existe: VOCÊ é que está usando a roupa errada."

O inv(f)erno também se aproxima. "O inferno são os outros" já dizia Jean-Paul Sartre em "Entre quatro paredes" que há muito sabia o que dizia, independente de sua filosofia. Eu assino embaixo, com certeza.

Começa hoje o inverno - e eu gosto muito. Já disse por aqui repetidas vezes o quanto aprecio o frio e todos os seus componentes atrativos e reluzentes, calientes...

O tempo frio me faz sentir bem, aconchegada, agasalhada, protegida. Quem me dera poder me sentir sempre assim.

Eu sou fanzoca do inverno, do amor e de Jean-Paul & Simone de Beauvoir: analogia perfeita!


beijos e boa semana a todos,


Tina

Monday, June 07, 2010

Para rir ou chorar.

Monday, June 07, 2010 16

Você começa a se dar conta de que está envelhecendo quando:


1 - Os seqüestradores não se interessam mais por você.

2 - De um grupo de reféns, provavelmente será um dos primeiros a ser libertado.

3- As pessoas lhe telefonam às nove da manhã e perguntam: "te acordei?"

4 - Ninguém mais te considera hipocondríaco.

5 - As coisas que comprar agora não chegarão a ficar velhas.

6 - Você pode viver sem sexo, mas não sem os óculos.

7 - Você curte ouvir histórias das cirurgias dos outros.

8 - Você discute apaixonadamente sobre planos de aposentadoria.

9 - Você dá uma festa e os vizinhos nem percebem.



10 - Você pára de tentar manter a barriga encolhida, não importa quem entre na sala.

11 - A sua visão não vai piorar muito mais.

12 - As suas articulações passam a ser mais confiáveis do que o serviço de meteorologia.

13 - Seus segredos passam a estar bem guardados com seus amigos, porque eles os esquecem.

14 - Você não consegue se lembrar quem foi que lhe mandou esta lista.

15 - Você é avisado para ir devagar pelo médico e não pelo policial.

16 - "Funcionou" significa que você hoje não precisa ingerir fibras.

17 - "Que sorte!" significa que você encontrou seu carro no estacionamento.

18 - "Uma noite e tanto" significa que você não teve que se levantar para ir ao banheiro...



Recebi por e-mail e achei que valia dividir mas fica a pergunta: para rir ou chorar... ?


beijos e boa semana a todos,


Tina

Monday, May 31, 2010

Vida Simples

Monday, May 31, 2010 21
"Adoro as coisas simples.
Elas são o último refúgio
de um espírito complexo."

A vida é simples. E fácil. Somos nós, humanos-mortais que a complicamos. Sempre, diariamente, todo o tempo, embora na maioria das vezes nem tenhamos consciência disso.

Complicamos quando mudamos, quando fazemos escolhas que nos levam longe, quando tomamos decisões que nos afastam - mesmo que estejam nos trazendo para perto do mais desejado.

A vida é fácil e simples de ser vivida. Não concordam ? Vejamos então o simples ato de se arrumar uma mala para passar um tempo longe de casa. O que é que a gente leva? Algumas mudas de roupa, 2 pares de sapatos, artigos de higiene e, se informatizado, um laptop e um memory stick. Qualquer coisa a mais só vai atrapalhar, tenha certeza.

Isso colocado em uma mala e aí está tudo que você precisará para viver a sua vida pelos próximos dias, meses, semestre. Se podemos - e conseguimos- viver com o conteúdo de uma mala apenas, por que é que precisamos de todo o restante ?
Pergunto e respondo: precisamos do restante para manter viva a nossa memória, a nossa história, o passado ao qual nos prendemos mesmo sem querer - mas sem o qual viveríamos da mesma maneira.



Toda a nossa vida, todas as lembranças e acontecimentos são como retalhos e estão em um lugar apenas, lugar esse que não necessita de espaço físico nenhum - estão em nossa memória em nossas lembranças. E de lá não sairão - enquanto durar a lucidez que na minha opinião é o maior presente que nos foi dado ! " Se não me lembro, não existe".

A vida é simples e por simples tenho como definição : ter exatamente aquilo pelo qual se lutou toda uma existência. Alguns mais afortunados, outros menos, mas nem por isso infelizes. Vida simples não é somente aquela que se imagina vivida numa casinha, num pequeno povoado, sem luxo e nem grandes prazeres. Vida simples é aquela que a gente vive "do jeito da gente" onde quer que se viva, onde se é feliz.

A delícia e a alegria de viver não residem nas coisas materiais - embora façam parte - mas sim no desfrutar do que plantamos vida afora em matéria de amizade, carinho e sentimentos.

O nosso tempo por aqui é curto se imaginarmos a imensidão do universo e a quantidade de seres humanos que procuram essa tal simplicidade vida afora. Tarefa árdua mas não impossível - no fundo é bem simples. Basta a gente querer, e viver. E deixar viver... Simples assim.

Esse post faz parte da blogagem coletiva proposta pela Mila e vocês encontram todos os participantes.



beijos e boa semana a todos,


Tina

Monday, May 24, 2010

De Cores

Monday, May 24, 2010 11


"O amarelo é uma cor que contribui para a felicidade. É uma cor brilhante, alegre, que simboliza o luxo - é como estar em festa a cada dia. Associa-se com a parte intelectual da mente e a expressão de nossos pensamentos.

É portanto, o poder de discernir e discriminar, a memória e as idéias claras, o poder de decisão e capacidade de julgar.
Também nos ajuda a organizar-nos, a assimilar as idéias inovadoras, e contribui para a habilidade de ver e compreender os diferentes pontos de vista.

O amarelo está associado com os signos de Gêmeos, Leão (amarelo escuro), Touro (amarelo e ocre) e Virgem. (tinha que ser, né? )

Palavras chaves da cor amarela: felicidade, alegria, inteligência, inovação, energia, sol, fortaleza, poder. Dá forma e movimentação às idéias. É a cor da comunicação. Ligada ao plano intelectual, melhora a memória e dá agilidade intelectual. Aumenta a concentração. Bom para raciocínio, lógica, quem trabalha demais com a mente. Ajuda a vencer timidez favorecendo relacionamentos.

Agiliza a compreensão e os estudos. Quando bastante forte, atrai as energias do sol, dando fama e brilho pessoal. Espiritualmente, tem afinidade com seres inteligentes e ajuda a telepatia. Ajuda na cura de doenças psicossomáticas. Tonifica o sistema nervoso, estimula a intução e atrai dinheiro. "(texto adaptado)


Relacionada com atividades, criatividade e comunicação bem como para quebrar bloqueios mentais, para persuasão, charme, confidência e aprendizagem. O Dia da semana relacionado à cor amarela é, naturalmente, o DOMINGO.

Amarelo é minha cor preferida, combinando totalmente com meu lado Blue - quem é que nunca ouviu a lenda da paixão do Sol pela Lua ? rs

Amo Van Gogh e suas pinceladas de "amarelos / laranjas, nada me traz mais paz do que o entardecer com um por de sol amarelo-alaranjado em todos os tons esmaecendo. Amarelo é realmente alegria, saúde, beleza, sentimento, natureza. Eu gosto muito.

Este post é uma participação pequena na blogagem linda e colorida chamada pela Glorinha do Blog Café com Bolo. Parabéns pela iniciativa, gosto de gente criativa e alegre assim.


beijos e boa semana a todos, com muita cor e luz.


Tina

Monday, May 17, 2010

Cinco

Monday, May 17, 2010 12
O número 5 de acordo com a numerologia,significa : Mobilidade - Mudança - Liberdade. É o número da sensualidade. O 5 está exatamente no meio da série de algarismos elementares (de 1 a 9) - podendo "olhar para os dois lados".

É também o número que dá nome a um dos perfumes mais famosos de Chanel...

E é o novo ano do Blue Moon que entra no seu quinto ano - quem diria ? Parece que foi ontem.

Obrigada a todos que por aqui passeiam e comentam, é sempre um prazer recebê-los.


Que tal um pedaço de bolo ? A festa é de vocês também.


E lá vamos nós encarar mais um ano - vamos ver o que nos reserva.

E nesse meio tempo, estou voltando ... :( deixando o coração por aqui, cheio de saudade, de vontade de ficar mas tendo que ir embora...

beijos a todos e boa semana,


Tina

Monday, May 10, 2010

Sintetizando...

Monday, May 10, 2010 12

Sintetizar, segundo o dicionário: v.t. Fazer síntese de; resumir.

Eu gosto muito da forma pela qual o idioma Inglês sintetiza as ações, os verbos. Em Português expressamos certas ações com muito mais palavras e certas vezes nem conseguimos uma tradução "literal" de um idioma para o outro. Vejamos um exemplo apenas:

- To pack: em Inglês a gente usa essa pequena palavra de 4 letras ( que é na verdade um verbo em Inglês) para dizer: Arrumar a mala ou fazer as malas (?) Não é bem mais fácil ?

Já o idioma Alemão gosta de palavras mais compridas - a Geórgia que o diga... (rs) mas por outro lado acaba por facilitar a vida da gente. Exemplo que me vem à mente no momento:

- Kinderessen : em Alemão significa Comida de criança ... novamente mais fácil e direto.

Não podemos e nem devemos comparar idiomas, mas temos que convir: o Inglês usa palavras curtas e o Alemão prefere palavras mais compridas, mas isso não faz diferença desde que no fim todos se entendam e vivam bem.


(Tradução livre: )
" Nunca deixe que as adversidades te
impeçam de fazer
o que o teu coração pede..."


Não adianta a gente querer "adaptar a nossa cultura aos outros" (leia-se: estrangeiros) e nem o contrário se aplica, pois por mais que viva em outro país (depois de uma certa idade, naturalmente) sempre vai existir aquela lembrança, a raiz, a semente que nos remete à terra da gente. Não adianta negar - e isso não implica em voltar ao país de origem - não mesmo, vive-se com a lembrança e ponto final.


"It´s not much, but it´s home"

E toda essa explanação acima foi para dizer apenas: "I´m homesick" ... (tradução: " estou com saudade de casa" - tradução-livre-literal). Fácil e difícil assim ao mesmo tempo, pois a vida por aqui é muito boa, gratificante até, mas sintetizando eu estou sentindo SAUDADE da minha casa, do meu espaço e isso não precisa ser traduzido - é sentido.

Eu não disse que o idioma tem dessas coisas? Em poucas, ou melhor, em apenas uma palavra a gente diz tudo. O Português tem suas mazelas e a palavra "saudade" está entre elas.



beijos e boa semana a todos,


Tina

Monday, May 03, 2010

Divagando...

Monday, May 03, 2010 18

"O amor não falha quando você é rejeitado ou traído,
ou quando aparentemente não amou.
O amor falha para você quando você rejeita, trai - e não ama."

(Adi Da)

Um amor pode não dar certo, pode não ser o certo. Mas é amor, e as pessoas precisam dele - por mais que neguem - é quase impossível viver sem amor. E impossível deixar de tentar acertar.

Seja qual for o amor, por quem ou pelo que for : AME! e faça desse amor algo que traga plenitude e alegria à sua vida. Amar também por vezes dói, mas quem se importa ? Eu sempre me lembro de uma frase que escutei há muito, muito tempo atrás: "Mais vale a dor de ter perdido um amor do que a tristeza de nunca ter amado"...(piegas isso, não ? rs) mas no fundo, verdade.

Tudo se resume em um só verbo, uma única ação: AMAR! Então ame do jeito que der, como puder, mas ame prá valer, para viver, sentir e ver que vale a pena.

Eu amo.


beijos e uma ótima semana a todos,


Tina

Monday, April 26, 2010

As cores de abril

Monday, April 26, 2010 12

"As cores de abril
Os ares de anil
O mundo se abriu em flor
E pássaros mil
Nas flores de abril
Voando e fazendo amor

O canto gentil
De quem bem te viu
Num pranto desolador
Não chora, me ouviu
Que as cores de abril
Não querem saber de dor

Olha quanta beleza
Tudo é pura visão
E a natureza transforma
a vida em canção

Sou eu, o poeta, quem diz
Vai e canta, meu irmão
Ser feliz é viver morto de paixão..."

(Vinicius de Moraes / Toquinho)


E são assim as flores de abril, as cores de abril por aqui. São lindas, diversas, exuberantes, coloridas até não querer mais. Flores simplesmente, estão aqui provando que o inverno sempre há de passar e deixar lugar para a beleza das suaves e delicadas flores - em suas cores de abril...

E é só para não dizer que não falei de flores.


beijos e boa semana a todos,


Tina



Monday, April 19, 2010

Você sabia ?

Monday, April 19, 2010 13


"Durante o século 18, o Brasil Colônia pagava um alto tributo para seu colonizador, Portugal. Esse tributo incidia sobre tudo o que fosse produzido em nosso país e correspondia a 20% (ou seja, 1/5) da produção. Essa taxação altíssima e absurda era chamada de "O Quinto".

Esse imposto recaía principalmente sobre a nossa produção de ouro. O "Quinto" era tão odiado pelos brasileiros, que foi apelidado de "O Quinto dos Infernos". A Coroa Portuguesa quis, em determinado momento, cobrar os "quintos atrasados" de uma única vez, no episódio conhecido como "Derrama".

Isso revoltou a população, gerando o incidente chamado de "Inconfidência Mineira", que teve seu ponto culminante na prisão e julgamento de Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário - IBPT, a carga tributária brasileira deverá chegar ao final deste ano de 2009 a 38% ou praticamente 2/5(dois quintos) de nossa produção. Ou seja, a carga tributária que nos aflige é praticamente o dobro daquela exigida por Portugal à época da Inconfidência Mineira, o que significa que pagamos hoje literalmente "dois quintos dos infernos" de impostos...

Para que? Para sustentar a corrupção, o PAC, o mensalão, o Senado com sua legião de "diretores", a festa das passagens, o bacanal (literalmente) com o dinheiro público, as comissões e jetons, a farra familiar no executivo.

Nosso dinheiro é confiscado no dobro do valor do "quinto dos infernos" para sustentar esta corja, que nos custa (já feitas as atualizações) o dobro do que custava toda a Corte Portuguesa.

E pensar que Tiradentes foi enforcado porque se insurgiu contra a metade dos impostos que pagamos atualmente..." (AD)


Esse é para não esquecer o 21 de abril.


beijos e boa semana a todos,


Tina

Monday, April 12, 2010

Divagando...

Monday, April 12, 2010 17

"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a
forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam
sempre aos mesmos lugares.

É o tempo da travessia: e, se não ousarmos
fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos."

Fernando Pessoa

Quantas e quantas vezes não acabamos por ficar à margem de nós mesmos?

Essa é para pensar. Sério mesmo.



beijos e boa semana a todos,


Tina

Monday, April 05, 2010

Tempos modernos

Monday, April 05, 2010 9


"Sou do tempo em que ainda se faziam visitas. Lembro-me de minha mãe mandando a gente caprichar no banho porque a família toda iria visitar algum conhecido. Íamos todos juntos, família grande, todo mundo a pé. Geralmente, à noite.

Ninguém avisava nada, o costume era chegar de pára-quedas mesmo. E os donos da casa recebiam alegres a visita. Aos poucos, os moradores iam se apresentando, um por um.

– Olha o compadre aqui, garoto! Cumprimenta a comadre. E o garoto apertava a mão do meu pai, da minha mãe, a minha mão e a mão dos meus irmãos. Aí chegava outro menino. Repetia-se toda a diplomacia.

– Mas vamos nos assentar, gente. Que surpresa agradável! A conversa rolava solta na sala. Meu pai conversando com o compadre e minha mãe de papo com a comadre. Eu e meus irmãos ficávamos assentados todos num mesmo sofá, entreolhando- nos e olhando a casa do tal compadre.

Retratos na parede, duas imagens de santos numa cantoneira, flores na mesinha de centro... casa singela e acolhedora. A nossa também era assim. Também eram assim as visitas, singelas e acolhedoras. Tão acolhedoras que era também costume servir um bom café aos visitantes. Como um anjo benfazejo, surgia alguém lá da cozinha – geralmente uma das filhas – e dizia:

– Gente, vem aqui pra dentro que o café está na mesa. Tratava-se de uma metonímia gastronômica. O café era apenas uma parte: pães, bolo, broas, queijo fresco, manteiga, biscoitos, leite... tudo sobre a mesa. Juntava todo mundo e as piadas pipocavam. As gargalhadas também.

Pra que televisão? Pra que rua? Pra que droga? A vida estava ali, no riso, no café, na conversa, no abraço, na esperança... Era a vida respingando eternidade nos momentos que acabam.... era a vida transbordando simplicidade, alegria e amizade...

Quando saíamos, os donos da casa ficavam à porta até que virássemos a esquina. Ainda nos acenávamos. E voltávamos para casa, caminhada muitas vezes longa, sem carro, mas com o coração aquecido pela ternura e pela acolhida.

Era assim também lá em casa. Recebíamos as visitas com o coração em festa.. A mesma alegria se repetia. Quando iam embora, também ficávamos, a família toda, à porta. Olhávamos, olhávamos... até que sumissem no horizonte da noite.

O tempo passou e me formei em solidão. Tive bons professores: televisão, vídeo, DVD, e-mail... Cada um na sua e ninguém na de ninguém. Não se recebe mais em casa. Agora a gente combina encontros com os amigos fora de casa:

– Vamos marcar uma saída!... – ninguém quer entrar mais. Assim, as casas vão se transformando em túmulos sem epitáfios, que escondem mortos anônimos e possibilidades enterradas. Cemitério urbano, onde perambulam zumbis e fantasmas mais assustados que assustadores.

Casas trancadas.. Pra que abrir? O ladrão pode entrar e roubar a lembrança do café, dos pães, do bolo, das broas, do queijo fresco, da manteiga, dos biscoitos do leite... Que saudade do compadre e da comadre!"

Texto de José A. Oliveira Resende - UFSJDR / MG


Eu vivi esse tempo enquanto criança, era bom mesmo. Faz falta nesses "tempos modernos "que ora vivemos onde sobra tecnologia para agilizar a vida e ainda assim nos falta tempo.

Onde terá ido aquele "aparece em casa para a gente tomar um café "... ? Fica a pergunta, cheia de nostalgia.


beijos e boa semana a todos,

Tina

Sunday, March 28, 2010

Ramos, Pão, Páscoa.

Sunday, March 28, 2010 12
'Na fé católica, o Domingo de Ramos celebra a entrada de Jesus Cristo em Jerusalém. Na ocasião, Jesus foi saudado pelo povo com ramos de árvores, dias antes de ser crucificado. A tradição ainda é mantida atualmente e fiéis levam / recebem ramos bentos nas igrejas."

A celebração da Páscoa começa no Domingo de Ramos e aqui na Inglaterra acontece da mesma forma - a única diferença é que os ramos nos são entregues assim em forma de cruz feita de palha seca - um arranjo muito bonito e criativo. (a foto não ficou muito boa, mas dá para ter uma idéia).

Já nos supermercados em toda parte são vendidos esses pães doces chamados "Hot Cross Bun" - Pão Doce em Cruz ( tradução livre) - que são deliciosos e tem os recheios mais diversos, mas sempre com frutas secas (passas, blueberries e outras mais que não vemos muito aí pelas bandas nacionais) e, alguns são feitos com canela também (como o da foto) e esses são delícia pura... hummm ... yammy! E tem símbolo mais cristão que o Pão ?

E para terminar, deixo aqui um exemplar da natureza - um (re)nascimento, vida nova, começo - que é o mais puro e genuíno significado da Páscoa: renascer ! Essa tulipa da foto acima, foi plantada pela minha filha no jardim aqui da casa ano passado e floresceu. Cumpriu sua parte com beleza, cor, suavidade e desapareceu terra adentro. E volta agora com a primavera. Volta linda, colorida e forte: como a vida deve ser - sempre um novo e belo renascer!


Desejo uma Feliz Páscoa a todos !


beijos e boa semana,


Tina

Monday, March 22, 2010

O que você faria,

Monday, March 22, 2010 10

...se só lhe restasse um dia ?

Ouvi esta pergunta certa vez (creio que existe até uma música com esse nome) e foi algo que ficou na minha mente: "O que eu faria se só me restasse um dia ?" Pensei sobre o assunto e - usando pouco espaço é lógico - escrevo contando parte das coisas que eu certamente faria, se só me fosse dado mais um dia:

- Assistiria o nascer do sol,

- Daria um mergulho no mar,

- Comeria meu prato predileto,

- Escutaria minhas músicas favoritas,

- Diria às pessoas que amo o quanto as amo,

- Beijaria com muita vontade,

- Assistiria um filme de paixão,

- Colheria uma flor,

- Olharia fotos antigas,

- Devoraria jujubas e sorvetes,

- Sonharia acordada,

- e só então...

dormiria (?) Na dúvida.


E você o que faria ?

Gostaria de ouvir a resposta de vocês também (dos que quiserem responder, naturalmente)pois acho, no mínimo, interessante a questão. Vamos tentar ? Aguardo retorno.


PS: Por favor, não há nada de curiosidade mórbida neste post... estou apenas tentando conhecer um pouco mais do ser humano - só isso e nada mais, entendido?


beijos e boa semana a todos,


Tina

Sunday, March 14, 2010

Gosto.

Sunday, March 14, 2010 12
"Gosto dos venenos os mais lentos!
As bebidas as mais fortes!
Dos cafés mais amargos!
E os delírios mais loucos.
Voce pode ate me empurrar de um penhasco que eu vou dizer:
E daí ?
eu adoro voar!!!"

A.D.

Eu também. E gosto de versos que dizem muito com poucas palavras.

Por aqui tudo bem, as crianças crescendo a cada dia e eu só aproveitando esse tempo. E lá vem a primavera chegando aqui, com suas flores e cores a encantar ainda mais a vida que vai levando a gente... afinal, o que se leva dessa vida é a vida que se leva! rs


beijos e boa semana a todos,


Tina

PS: Esse texto costuma ser atribuído à Clarice Lispector, mas não encontrei nenhuma comprovação. Se alguém souber a autoria, por favor me avise que publico.

Monday, March 01, 2010

Começou o ano!

Monday, March 01, 2010 17

Acabou o carnaval, começou o ano - certo ? No meu caso é totalmente verdadeira essa afirmação nacional e vocês vão me dar razão.

O ano começou oficialmente para mim porquê adivinhem quem chegou ? Ele, o mais novo membro da família meu mais novo e fofo netinho - Nicholas - que chegou cheio de saúde e fofura no dia 26 de fevereiro. E mais uma vez, a rainha vai morrer de inveja de mim pois meus " netos inglesinhos" são muiiiiiiiiiiiito mais bonitos e charmosos do que os dela! rsrs


E eu só tenho bons motivos para celebrar o ano novo, a vida nova e tudo de bom que ainda está por vir. E que me digam vocês: dá para pensar de outra forma recebendo um sorriso desse ? rs

Vou passar um tempo aqui pelas terras da rainha e os posts podem rarear um pouco por motivos óbvios, mas prometo visitá-los e postar novidades sempre que possível, combinado?

Tenham todos uma excelente semana.

beijos,


Tina

Thursday, February 25, 2010

Mudança

Thursday, February 25, 2010 5

Desta vez vou enganar meu corpo:

- vou deixar esse calor horrível por aqui e

- me deliciar no doce inverno do Hemisfério Norte;


Desta vez vou confundir minha mente:

- vou viver (alguns) dias de alegria por lá e

- logo voltar, para viver (so)mente;


Desta vez vou curtir duas certezas:

- vou beijar, abraçar, morder, mimar, ninar e tudo mais que puder meu Gregory lindinho e

- carinhar, trocar e abençoar meu mais novo netinho, afinal:


- Serei avó novamente !


Nicholas está chegando lá longe, mas vem chegando ... e eu indo.

Volto muito antes do que gostaria, como sempre. Volto logo mesmo, e conto com a torcida de vocês como sempre, combinado ?


beijos a todos e bons tempos.


Com carinho,


Tina

Tuesday, February 16, 2010

Divagando...

Tuesday, February 16, 2010 13
"O mundo só é grande se a gente pensar pequeno."

Agora é tempo de reflexão, de jejum e de introspecção. Creio que deveríamos todos aproveitar para repensar, mudar, se arrumar e se preparar para o renascer em breve acontecerá.

Antes que eu me esqueça, sabem como foi meu carnaval ?


4 dias assim... uma delícia ! rs


beijos e boa semana a todos,

Tina

Sunday, February 07, 2010

Nas Nuvens...

Sunday, February 07, 2010 17

Como diz o comercial, há coisas na vida que não tem preço.

Eu assino embaixo.

Ou seria: assino acima das nuvens ?

Acima, abaixo, ao lado, beirando, resvalando, assino onde der, afinal -

- fazemos aniversário de casamento, e eu o levei às nuvens - literalmente ! rs

Surpresa preparada com carinho e cuidado por mim, e foi só alegria, vejam só:



- São Paulo nos brindou com céu de "brigadeiro" = azul de se perder... sem nuvens.

- Temperatura amena (pela manhã) e a gente a caminho. E ele sem saber da surpresa.

- Surpresa que se tornou realidade mais feliz ao chegarmos ao Campo de Marte e ouvi-lo comentar ao ver um helicóptero pousar ( e ainda sem saber o que o esperava...): " Puxa vida, nunca entrei num helicóptero! "

Resposta minha na ponta da língua: " Ah... quem sabe um dia desses..."

PS: Não me perguntem como consegui levá-lo ao Campo de Marte em SP num domingo pela manhã, isso é assunto para outro post e agradeço à minha amiga C. que em muito me ajudou.




E daí prá frente foi só contentamento. Embarcamos no helicóptero para um passeio-aéreo-desejo-dele e também para uma doce curtição dessa São Paulo tão querida, linda e sofrida.

O que valeu mesmo foi ver a carinha de feliz dele, como uma criança no meio de uma piscina de doces, momento vida, indescritível, felicidade sem preço, realização. E São Paulo vista de cima é mais de linda de se viver. E linda de ser...

Há momentos na vida que não têm preço. Verdade sem contestação. Vivi.

Feliz Aniversário de casamento meu querido! Começaria tudo outra vez, garantido.

Esse foi o começo da minha semana, e de mais um ano do nosso casamento. E ainda muitos estão porvir, com certeza e amor.

Desejo o mesmo a todos. Nas nuvens...


beijos,


Tina

Monday, January 25, 2010

Flowers

Monday, January 25, 2010 20
Hortencias by Tina - Maio/09

Dizem que a gente sempre fala melhor com flores...

Resolvi tentar.


beijos e boa semana a todos,


Tina

Monday, January 11, 2010

Off !

Monday, January 11, 2010 16

Férias são necessárias.
Tempo também.
Tempo de viver, tempo de estar só.
Tempo longe de tudo. Tempo na vida.
Tempo dando tempo.
Tempo longe daqui, por um tempo.
Tudo na vida é tempo.

Ou a falta dele.

Tempo é precioso.
É só um tempo.
E eu preciso.


Volto no meu tempo.


beijos e bom tempo a todos,


Tina
 
luzdeluma st © Code is Pocket