Tuesday, October 31, 2006

Drummond e as Bruxas...

Tuesday, October 31, 2006 19

Ele nasceu no dia de hoje, no Dia das Bruxas... e depois de ler Jôka ontem, lembrei-me que um dia ... Drummond escreveu assim:

"Nesta cidade do Rio, de dois milhões de habitantes, estou sozinho no quarto, estou sozinho na América. Estarei mesmo sozinho?Ainda há pouco um ruído anunciou vida a meu lado. Certo não é vida humana, mas é vida. E sinto a bruxa presa na zona de luz. De dois milhões de habitantes! E nem precisava tanto... "

Precisa mais? Quando se trata de: mentes brilhantes, de seres iluminados , de corações, e amores amantes...? Com certeza: sempre queremos mais. Precisava um pouco mais , e faz falta . Falta Drummond, que sabia de amor, de bruxas... e de muito, muito mais.

Para celebrar e/ou brindar o dia do nascimento de Drummond, entre lindas tantas, escolho essa:

Amar o perdido

deixa confundido este coração.

Nada pode o olvido

contra o sem sentido apelo do Não.

As coisas tangíveis tornam-se insensíveis

à palma da mão

Mas as coisas findas

muito mais que lindas,

essas ficarão...

Qualquer coisa dita fica perdida e quase sem sentido... afinal aí acima, está Drummond.

beijos,

Ooops! Happy Halloween, naturalmente!

Tina

Monday, October 30, 2006

Passa...

Monday, October 30, 2006 15
Passa

Passa o tempo
Passa a ilusão
Passa o desejo
Passa
Tudo passa
Tens razão!
Mas tudo se altera
O que era
Já foi
Já passou
Hoje
Não é mais
Que o somatório
Do ontem com o hoje
Passou o tempo que vivemos
Passou a ilusão que tivemos
Passou o desejo que sentimos
Mas o que não passa
É o que tenho hoje
Amanhã não sei como será
Não me perguntes
Mas que interessa o amanhã?

Cecilia Cunha


O importante é que passou...

E os versos são dela, minha amiga querida, que escreve do amor com paixão infinita, que escreve linda e suavemente... Do amor, simplesmente.

beijos e boa semana!

Tina

Saturday, October 28, 2006

Citando Sir W.Churchill

Saturday, October 28, 2006 18
Sir Winston adorava desconcertar as pessoas com seu típico "English Humor". Conseguiu de novo: no dia em que resolvo homenageá-lo quem recebeu a homenagem fui eu ! Obrigada Jôka, obrigada mesmo querido! Sem palavras...

*** *** ***
Quando Churchill fez 80 anos um repórter de menos de 30 foi fotografá-lo e disse:

- Sir Winston, espero fotografá-lo novamente nos seus 90 anos.

Resposta de Churchill: -"
Por que não? Você me parece bastante saudável. "

*** *** ***
Telegramas trocados entre Bernard Shaw (maior dramaturgo inglês do século 20 ) e Churchill (maior líder inglês do século 20 ).

Convite de Bernard Shaw para Churchill: "Tenho o prazer e a honra de convidar digno primeiro-ministro para primeira apresentação minha peça Pigmalião. Venha e traga um amigo, se tiver." Bernard Shaw

- Resposta de Churchill para Bernard Shaw:
"Agradeço ilustre escritor honroso convite. Infelizmente não poderei comparecer primeira apresentação. Irei à segunda, se houver."

*** * * * ***

- General Montgomery estava sendo homenageado, pois venceu Rommel na batalha da África, na IIª Guerra Mundial. Discurso do General Montgomery: "Não fumo, não bebo, não prevarico e sou herói" .

Churchill ouviu o discurso e com ciúmes, retrucou: "Eu fumo, bebo, prevarico e sou chefe dele !"

*** *** * * *

Bate-boca no Parlamento inglês. Aconteceu num dos discursos de Churchill em que estava uma deputada oposicionista, do tipo Heloisa Helena, que pediu um aparte.

Todos sabiam que Churchill não gostava que interrompessem os seus discursos. Mas foi dada a palavra a deputada e ela disse em alto e bom tom.

-Sr. Ministro, se V. Exa. fosse o meu marido, colocava veneno em seu café!

Churchill, com muita calma, tirou os óculos e, naquele silêncio em que todos estavam aguardando a resposta, exclamou:

-"Se eu fosse o seu marido, eu tomava este café."

*** *** ***

Ele foi um grande estadista, meio filósofo até. Com certeza, sabia das coisas, sabia da vida, sabia de governar, sabia de viver... O post é tentativa de "desanuviar" este clima que nos ronda.

beijos,

Tina

Thursday, October 26, 2006

Isso se chama Amor

Thursday, October 26, 2006 21
Você surgiu como suave melodia trazida pela brisa; dilatou-se no silêncio de minha alma e fez-se moldura em meu viver.
Isso se chama ventura...

Há algo em você que transparece num olhar, como estrela no céu atapetado de astros e exterioriza-se num sorriso como canção tocada na harpa dos ventos.

Isso se chama ternura...
Sem olhar, você me percebe, sem falar você me diz, sem me tocar você me abraça...
Isso se chama sensibilidade...

Quando me perco em labirintos escuros você me mostra o caminho de volta..
Quando exponho meus tantos defeitos, você faz de conta que não nota...
Se enlouqueço, você me devolve a razão...
Isso se chama compaixão...
Nos dias em que as horas passam lentas, sem graça e sem luz, nos seus braços eu encontro alento.
Quando os dias alegres de verão partem e em seu lugar chega o outono, cobrindo o chão com folhas secas, e o verde exuberante cede lugar ao cinza, nos seus braços encontro harmonia.
Isso se chama aconchego...

Quando você está longe, no espelho da saudade eu vejo refletida a certeza do reencontro.
Nas noites sem estrelas, quando a escuridão envolve tudo em seu manto negro, você me aponta a carruagem da madrugada, que vem despertar o dia com suas carícias de luz..
Isso se chama esperança.

Quando as marés dos problemas parecem tragar em suas ondas as minhas forças, em seus braços encontro reconforto.
Se as amarguras pairam sobre meus dias, trazendo desgosto e dor, sua presença me traz tranqüilidade.

Você é um raio de sol, nos dias escuros...
É ave graciosa que enfeita a amplidão azul...
Você é alma e é coração.
É poema e é canção...
É ternura e dedicação...
Nada impõe, tudo compreende, tudo perdoa...
Sua companhia é doce melodia, é convite a viver...

... E, tudo isso se chama amor!

Surge depois que as nuvens ilusórias da paixão se desvanecem.
Que a alma se mostra nua, sem enfeites, sem fantasias, sem máscaras...
O amor é esse sentimento que brota todos os dias, como uma flor que explode de um botão ao mais sutil beijo do sol...

Isso sim, se chama amor...

beijos,

Tina

Wednesday, October 25, 2006

Pasta

Wednesday, October 25, 2006 15

Hoje é "Dia do Macarrão", isso mesmo: aquela massa que não tem quem não goste. Um pouco de história para começar e, como boa paulistana descendente de italianos, uma receita para finalizar.

A revolução do "maccheroni"

Um dia em Nápoles, um fabricante de macarrão estava sentado enquanto misturava a massa com os pés (modo usado na época). Então, o Rei de Nápoles, Ferdinand II não gostou do que viu , (ele gostava muito de macarrão) irritou–se com aquele método de produção , e resolveu contratar um engenheiro, que inventou um sistema onde uma máquina faria o trabalho de misturar e cortar. (ainda bem, né?)rs

O clima de Nápoles era perfeito para secar o macarrão : não tão úmido a ponto da massa mofar antes de secar, e nem tão seco que fizesse a massa rachar e secar rapidamente. Nápoles se tornou o centro do macarrão na Itália.

Macarrão com queijo era um prato popular na América na época da Guerra Civil, porém, com a enorme imigração italiana para os USA por volta de 1900 chega o “Spaghetti” popular massa que comemos até hoje. Os Sicilianos que imigraram achavam difícil adquirir os ingredientes que eles usaram em casa, e adotaram os métodos “locais” de cozinhar. Adaptações foram feitas em molhos, ingredientes novos, combinações... hummm... muito bom!

Mas na verdade, quem trouxe o primeiro produtor de macarrão para as Américas foi Thomas Jefferson em 1789 e seus sucessores apenas aprimoraram.

Curiosidade: Pelas leis italianas o macarrão “embalado” não pode conter nada mais do que semolina e água. E pasmem: a Itália não é mais o maior produtor de trigo do mundo: foi superada pela Austrália!

E para não passar em branco, uma receita que gosto muito de fazer.

Pasta du Chef (para 2 pessoas)

300 grs de spaghetti

2 tomates picados em cubinhos (sem semente)

1 xícara de manjericão fresco picado

3 dentes de alho picados

5 colheres de sopa de azeite

Modo de fazer

Colocar o azeite em uma panela (ou frigideira grande). Após aquecer, coloque o alho e deixe fritar levemente. Acrescente o tomate e o macarrão já cozido. Em seguida coloque o manjericão e mexa bem. Sal e pimenta à gosto. Servir em seguida, com algumas folhas de manjericão fresco e queijo parmesão por cima.

Junte tudo isso à pratos bonitos , velas acesas e um vinho Carmenére (Casa Rivas é excelente) e aproveite. Essa receita é fácil e muito gostosa e faz um super efeito. Vale tentar...

Envio especialmente para Dani se aventurar na cozinha esta semana...

beijos,


Tina

Tuesday, October 24, 2006

Pessoa certa?

Tuesday, October 24, 2006 17

"Pensando bem, em tudo o que a gente vê, e vivencia, e ouve e pensa, não existe uma pessoa certa pra gente. Existe uma pessoa que, se você for parar pra pensar é, na verdade, a pessoa errada.

Porque a pessoa certa faz tudo certinho. Chega na hora certa, fala coisas certas, faz coisas certas, mas nem sempre a gente está precisando das coisas certas.

Aí é a hora de procurar a pessoa errada. A pessoa errada te faz perder acabeça, fazer loucuras, perder a hora, morrer de amor.

A pessoa errada vaificar um dia sem te procurar que é para, na hora em que se encontrarem, aentrega ser muito mais verdadeira. A pessoa errada é, na verdade, aquilo quea gente chama de pessoa certa.

Essa pessoa vai te fazer chorar, mas, uma hora depois vai estar enxugandosuas lágrimas. Essa pessoa vai tirar seu sono, mas vai te dar em troca umanoite de amor inesquecível.

Essa pessoa talvez te magoe e depois de encha de mimos pedindo perdão. Essa pessoa pode não estar 100% do tempo ao seu lado, mas vai estar 100% da vida dela esperando você. A pessoa errada tem que aparecer pra todo mundo, porque a vida não é certa.

Nada aqui é certo. O que é certo mesmo é que temos que viver cada momento, cada segundo, amando, sorrindo, chorando, emocionando, pensando, agindo, querendo, conseguindo. E só assim é possível chegar àquele momento do dia em que a gente diz: "graças a Deus deu tudo certo..."

Quando na verdade, tudo o que Ele quer é que a gente encontre a pessoa errada pra que as coisas comecem a funcionar direito pra gente, a nossa missão é compreender o universo de cada ser humano, respeitar as diferenças, brindar as descobertas, buscar a evolução, e amar, amar, amar... " AD

Eu acho esse texto muito bom: mostra, verbaliza verdades e/ou idealizações, sentimentos, do jeito que a gente deveria ver. E sentir. Não sei quem escreveu, mas me identifico e parabenizo.

E também não acho que exista a "pessoa certa": o que existe é o encontro, o dividir, o aceitar, tentar, relevar, lutar junto, amar, compreender, ir em frente, querer e acreditar, simplesmente porque: o que tem em você me completa, o que eu tenho completa você (de alguma forma...) porisso você é a pessoa certa e eu também sou , afinal - juntos : somos. A vida é bem melhor assim.

beijos,

Tina

Sunday, October 22, 2006

Filosofando vida

Sunday, October 22, 2006 19


"As únicas pessoas que me interessam são as loucas, aquelas que são loucas por viver, loucas por falar, loucas por serem salvas; as que desejam tudo ao mesmo tempo. As que nunca bocejam ou dizem algo desinteressante, mas que queimam e brilham, brilham, brilham como luminosos fogos de artifícios cruzando o céu."

Jack Kerouac, escritor beatnik



Concordo em genero, número e grau! Sou bem assim: acredite se quiser!

beijos e boa semana!

Tina

Friday, October 20, 2006

Charge

Friday, October 20, 2006 16



Recebi por e-mail. Dispensa comentários...

Bom fim de semana!

beijos,

Tina

Wednesday, October 18, 2006

Recordações

Wednesday, October 18, 2006 24

Eu me lembro de um tempo sem preocupações, sem contas prá pagar, sem desilusão, sem coração partido, sem amor dividido, da vida com menos não.

Eu me lembro de horas curtidas, sentada na areia a olhar o mar, lembro de momentos vividos, sonhando amar. Eu me lembro de amores escondidos, de paixões impossíveis, de encontros furtivos, de encantos perdidos.

Eu me lembro de dormir na casa da melhor amiga, de dividir segredos, de ouvir confidências, de fumar escondido, de chorar por viver. Eu me lembro de não levar a sério, de correr por querer, de não ter muita obrigação, de bater papo furado na portaria do prédio .

Eu me lembro de querer fugir, para o mundo sair, viver uma aventura sem fim... Eu me lembro de correr pela areia, andar na grama molhada, mergulhar na cachoeira, me sentir meio sereia.

Eu me lembro do merengue de banana, da jaboticaba no pé, da vida sem contar calorias e de quando tudo era só alegria. Eu me lembro do diário escrito, do sonho desfeito, do tempo corrido, do corpo sem dor, da vida com novo amor.

Eu me lembro de quase nada temer, de sentir bruta saudade, de correr pro abraço, de mudar de cidade. Eu me lembro de brincar de gente grande, de chorar no escuro, de sonhar meu futuro...


Eu me lembro de viver... lembro que vivi.


beijos,

Tina

Monday, October 16, 2006

Arte

Monday, October 16, 2006 18
Van Gogh - auto retrato

Ele não se enquadra em nenhuma escola de pintura, embora sua extraordinária percepção das cores possa ter se originado das teorias impressionistas. Afinal foi depois de se juntar ao irmão Théo, em Paris, e conhecer os "Impressionistas", que Vincent começou a abandonar os tons escuros que até então usara, passando a adotar as cores puras , as pinceladas irregulares que deram sensação de luminosidade e leveza aos seus quadros. Técnicas que aplicou sem hesitação e que permitiram-lhe pintar várias obras nos últimos anos de vida.

Os Girassóis - l888

Nasceu em março de 1853 e morreu em junho de 1890. Vida breve : tentou suicídio por amor não correspondido, foi para retiro voluntário em um asilo, viveu uma vida tão cheia de tristeza, mas de antagônica beleza. E pensar que precisou de ajuda financeira do irmão para continuar a pintar. E morreu sem saber o que seus quadros viriam a significar na arte contemporânea. Em julho de 1890 tentou novamente se matar. Conseguiu.

Nuit D´Etoilles

Vi este quadro no Museu D´Orsay quase sem querer (não havia menção em lugar algum de que estaria em exposição). Fiquei parada, estática por um bom tempo, diante de tanta beleza. Não esqueço. Agradeço a oportunidade de ter visto. Quem tiver chance, não deixe de ver, vale a pena.

Vincent William van Gogh é meu pintor/ artista predileto. Vida breve, arte marcante. Brilhante, eternamente brilhante. Como as estrelas.

beijos,

Boa semana!

Tina

Thursday, October 12, 2006

Crianças

Thursday, October 12, 2006 23



" As crianças começam por gostar dos pais; quando crescem, julgam-nos; às vezes perdoam-lhes." Oscar Wilde (1856-1900) em "O Retrato de Dorian Gray"

"Crianças quando pequenas, deixam os pais bobos; quando grandes, deixam-nos loucos." John Ray (1670)

"As crianças não têm passado nem futuro e, o que raramente nos acontece: usufruem o presente." La Bruyère (1645-1696)

Feliz dia para a "criança" que mora dentro de nós.

Feliz dia para 2 que serão sempre crianças minhas. Amo vocês.

beijos,

Tina

Wednesday, October 11, 2006

Charge

Wednesday, October 11, 2006 10


envio mais uma...



Que tal essa do excelente chargista Angeli ?

Recebi por e-mail e não resisti, então taí.

beijos e bom feriado!

Tina

Monday, October 09, 2006

Demais...

Monday, October 09, 2006 11


DEMAIS

(Veronica Sabino)


Foi um vento que passou
que te trouxe e te levou
deixando no corpo
a marca do amor
que ficou no ar
ilusão luar

A chuva que esse vento trás
Faz com que eu me lembre mais
de todos os sonhos
que a gente sonhou
planejou demais,
demais...

Bem que eu podia tentar te encontrar
mas um vento forte que me afastou,
te levou te escondeu , longe demais...

A chuva que esse vento trás,
Faz com que eu me lembre mais
de todos os sonhos
que a gente sonhou
planejou demais , demais ...

e cada vento que soprar,
pode te fazer voltar
encher o vazio que ficou no ar...
me marcou demais

me marcou demais...


Lindo, lindo demais : só queria mais viver e poder mais, viver e amar mais... demais... mas, não creio demais. e só, sonho.

Boa semana.

beijos,

Tina

Saturday, October 07, 2006

Moonshine

Saturday, October 07, 2006 11



Hoje é aniversário da Moonshine, amiga querida, poetisa talentosa, escritora de versos lindos, apaixonados, que eu adoro ler, sorver... Ela escreve com o coração, com certeza.

E para não dizer que não falei e nem te enviei flores, (e como não tenho o teu talento) fiz um acróstico, só de brincadeira ...


Para Cecília


Coração em chama.

Ela escreve do amor

Com versos de saudade

Intriga-nos com sua dor

Linda moça, meiga, gentil

Ilumina aos amigos e leitores

Amando e escrevendo seus amores...


Cecília desejo que teu dia seja lindo, feliz, com muitos beijos, abraços e amor! Saúde e sorte amiga, hoje e sempre. Feliz Aniversário querida!

Com carinho,

beijos,

Tina

Friday, October 06, 2006

Sigo

Friday, October 06, 2006 8


Sigo...

Vivendo, amando e aprendendo

Sigo a cada dia

Vivendo e aprendendo a amar

Vivendo e aprendendo a viver

Amando e aprendendo a aprender

Amando e aprendendo a viver

Aprendendo e amando viver

Aprendendo e vivendo o amar

Sigo amando aprender a viver.



Acho que sintetiza bem a vida, o presente que recebemos ao acordar. Um aprendizado diário.

Infelizmente desconheço a autoria
(se alguém souber por favor avise para que eu coloque o crédito).


Bom fim de semana!

beijos,

Tina

Wednesday, October 04, 2006

Dependência

Wednesday, October 04, 2006 17

"A cocaína é a droga que mais rapidamente devasta o usuário. Bastam alguns meses ou mesmo semanas para que ela cause um emagrecimento profundo, insônia, sangramento do nariz e corisa persistente, lesão da mucosa nasal e tecidos nasais, podendo inclusive causar perfuração do septo . Doses elevadas consumidas regularmente também causam palidez, suor frio, desmaios, convulsões e parada respiratória. No cérebro, a cocaína afeta especialmente as áreas motoras, produzindo agitação intensa. A ação da cocaína no corpo é poderosa porém breve, durando cerca de meia hora, já que a droga é rapidamente metabolizada pelo organismo." Fonte

Como todas as drogas, tem poder altamente viciante, destruidor. E está destruindo a vida e também uma das vozes mais lindas dos últimos tempos: Whitney Houston !


Pena que ela tenha se deixado levar, nos privando de tanto talento e beleza. Razões que a razão desconhece.

beijos,

Tina

Monday, October 02, 2006

A Primeira

Monday, October 02, 2006 23
" A son is our heart that goes to another body".
Um filho é nosso coração que vai para outro corpo.


4 aninhos, " at the Copa...Copacabana..."

A primeira vez a gente nunca esquece, por mais lugar-comum que pareça, a gente não esquece :

- a primeira boneca, - a primeira escola, - a primeira bronca, - o primeiro sutiã, - a primeira festa, - o primeiro beijo, - o primeiro amor, - o primeiro carro, - a primeira vez, - o primeiro filho!

Não dá para descrever a sensação: só quem é mãe vai me entender... A gente pode ter dúzias de filhos, o primeiro, sempre será o primeiro, pela primeira vez há uma vida acontecendo dentro da gente, é um mundo novo e você, só você é responsável por trazer luz à essa nova vida.

Sensação indescritível, expectativa sem medida, no meu ventre forma-se um novo ser... Sonhos de ser... sonhos de vida, espero vida - vida que vai acontecer ... e mudo minha vida literalmente: agora sou MÃE!

6 aninhos... Happy on the beach ! The way she loves to live...

E recebi, no dia de hoje há anos atrás, a criaturinha mais linda, mais meiga, indefesa, querida, amada e esperada: Minha primeira filha - Daniela - a minha Dedey (ela mesma se apelidou assim, pois quando eu dizia : Cadê minha nenen ? ela respondia: DEDEY tá ti...) Minha criança, cria minha, minha filha. A primeira.

Obrigada minha Dedey: sou infinitamente mais feliz desde que você chegou, você faz minha vida valer viver.

Filha , por você :

" Eu aceitaria a vida como ela é, viajaria a prazo pro inferno, tomaria banho gelado no inverno, viveria em greve de fome, mudaria até o meu nome, por você..."

Por você, começaria tudo outra vez !

Tenho muito orgulho de você, das suas conquistas, da sua sabedoria, do seu jeito meigo e alegre de ser, de tudo que você fez e do muito que faz. E do que ainda vai fazer.

Obrigada minha filha, minha amiga, minha companheira, minha vida, vida minha. Obrigada por ser como é, te amo mais que tudo, minha primeira! E agora morando tão longe... feliz, eu sei (mas tinha que mudar de Continente?) Sinto tanta falta de você ao lado meu, irradiando seu bom humor, suas risadas, seu amor... miss you!

Feliz Aniversário filhota, feliz seu dia, saúde, sorte e alegria sem fim. Deus te abençoe muito, hoje e sempre.

2 aninhos...Sweet birthday party!

Te amo muito filha querida. Sempre vou te amar Daniela, você sempre será a minha Dedey!

beijos mil, cheios de saudade.

Sua mamãe,

Tina

 
luzdeluma st © Code is Pocket