Monday, October 22, 2012

Love: Velho x Novo

Monday, October 22, 2012


A questão é essa mesmo. E vem da velha máxima  - coisa de gente já vivida, naturalmente - que diz algo mais ou menos assim: " Panela velha é que faz bom caldo" - leia-se - " Deixa como está, mudar não faz parte do plano".

Filosofando eu ? Não. Explico.

Eu tinha um anel. LOVE estava gravado nele. Não era ouro. Era prata. Ouro para mim.  Anel era parte de mim, estava sempre no meu dedo desde o dia em que ganhei. Presente perfeito, pedido, esperado (tive que mandar de volta 2 vezes pois não estava no tamanho certo). Ganhei e feliz, mais e mais usei.

Usei muito, todos os dias desde 2006. Brilhava quando chegou. Brilho foi se perdendo pelo uso diário, mas eu estava feliz com ele assim mesmo. Acostumei com o formato. Anel se acomodou à mim, à minha mão. Perfeito!

Fazendo analogia barata pensei: A vida é assim, o amor é assim, o casamento é assim: tudo no começo brilha, encanta, reluz. Passa o tempo e o brilho se vai, você se acomoda, encaixa melhor, se acerta. Bom isso, gera conforto. Todos precisamos.

Eu tinha um anel. LOVE estava gravado nele. Meu predileto anel perdi no meio de uma reforma aqui dentro de casa - reforma dentro de mim? - ainda penso. Foram muitas trocas, arrumações, armários, quartos, preparando tudo para o AMOR = LOVE que ia chegar, amores na verdade, pois são 3 pessoas mais de amadas.

Chegaram, curtiram e partiram. LOVE.  Endless LOVE.

Não achei meu anel LOVE. Voltei à mesma loja e encomendei outro igual. 30 dias de espera por LOVE. Amor leva tempo para acontecer. LOVE também.
Tempo infinito para quem espera por amor. Objeto de desejo, parte de mim, perdida. Substituir vale? Traz de volta ?

Respondo: Não!  Tenho novo anel  (igual ou novo?) o mesmo LOVE? Não.  Este brilha, reluz, parece não se ajustar ao dedo. Vou me acostumar ? Não sei. Olho e não sinto. Uso e não aceito. Tento me conformar. Será mesmo o bom e velho amor?  My LOVE ? Tenho dúvidas. Certeza que não. Tento, sempre.

Hoje tenho um novo anel. É outro. Queria mesmo era o meu bom e velho anel LOVE de volta: amassado, usado, suado, riscado, gasto. Este não mais terei. Este se perdeu, como eu. Não tem volta.  Eu tinha um anel. LOVE estava gravado nele.

Se a "troca" de um anel traz tanta angústia, imagino como seria trocar um real LOVE. Seja ouro ou prata. Se tiver o "seu" não perca, cuide, mantenha. LOVE, uma vez perdido não tem reposição, mesmo que seja um simples anel. A vida é assim e ensina.

Eu tinha um anel. LOVE estava gravado nele. Não tenho mais.

Filosofando eu ? Não, só por hoje... tenham uma boa semana!

beijos,

Tina

7 comments:

  1. E todos precisamos filosofar às vezes, Tina; afinal, LOVE está gravado em todos nós; ainda que mudem os anéis. Belo post, amiga; boa semana!

    ReplyDelete
  2. Love é tudo tudo na nossa vida. Independente se o anel é novo ou velho, o que vale são os sentimentos que você traz dentro do seu coração. Big Beijos

    ReplyDelete
  3. Tina tao cheias de verdades as tuas filosifias, é isso mesmo, no comeco brilha depois é dificil manter o brilho. Há dia que até dá e outros que é melhor nem pensar em dar o brilho.

    O efeito do meu Maus, peguei no blog da Elaine Gaspareto, ela ensina muitas coisas sobre o blog bem legal.

    Aqui está o link de onde peguei. Pode fazer que moleza e dá certo. Depois que vc instalar no Java( claro se vc quiser) tem que renovar a página para vcpoder ver o efeito.

    http://www.elainegaspareto.com/2012/10/enfeites-e-truques-para-seu-blog.html#.UIbluYYVEQM


    Bjos

    ReplyDelete
  4. Olá Tina
    Agradeço e retribuo sua visita. LOVE, seja em anel ou sentimento precisa ser cuidado para o brilho não se perder.
    bjs
    Volte sempre

    ReplyDelete
  5. Adorei a analogia. Na foto é o Greg bem pequenino? Q mimo de foto.


    Q bom q gostou do programa, é bem fácil de usar, né?

    Beijossssssss
    ┌──»ʍi૮ђα ツ

    ReplyDelete
  6. Oi Micha!

    É meu lindinho sim, tinha acabado de nascer! Obrigada pelo carinho. beijos querida.

    ReplyDelete
  7. Tina, gostei muito do seu filosofar.
    Realmente, há objetos que não adianta substituir. Igual, nunca será. Mas o amor acontece, se renova.
    Se não acreditasse nisso não teria comprado outro anel.
    Boa semana!

    ReplyDelete

Obrigada pela sua visita!

 
luzdeluma st © Code is Pocket