Tuesday, August 29, 2006

Nossa casa

Tuesday, August 29, 2006


A nossa casa, Amor, a nossa casa!
Onde está ela, Amor, que não a vejo?
Na minha doida fantasia em brasa
Constrói-a, num instante, o meu desejo!

Onde está ela, Amor, a nossa casa,
O bem que neste mundo mais invejo?
O brando ninho aonde o nosso beijo
Será mais puro e doce que uma asa?

Sonho... que eu e tu, dois pobrezinhos,
Andamos de mãos dadas, nos caminhos
Duma terra de rosas, num jardim,

Num país de ilusão que nunca vi...
E que eu moro - tão bom! - dentro de ti
E tu, ó meu Amor, dentro de mim...

Florbela Espanca

Adoro os escritos dela, tão doídos, tão profundos, apaixonados, apaixonante...

Beijos,

Tina



8 comments:

  1. Tb adoro os escritos dela...

    Beijos

    ReplyDelete
  2. Lindo e apaixonante mesmo Tina.
    Ahh e eu fio na cara dura mesmo, foi superdivertido e até hoje muitos deles ainda não sabem da verdadeira história. ;-)
    Beijos

    ReplyDelete
  3. Lindo lindo mesmo!
    Beijos querida.

    ReplyDelete
  4. O nome dela já diz tudo!! Flor que espanta de tão bela!! (rs*) isso foi uma brincadeira, o nome dela bem podia significar isso.
    Casa nova!! Mesma plataforma do luz, sabia?? Se quiser pode substituir aquela imagem acima.
    Boa semana!! Beijus

    ReplyDelete
  5. Maravilhoso! Intenso...
    Beijocas

    ReplyDelete
  6. Florbela fala [sim,fala na voz dos seus poemas] o que gostaríamos de dizer, sente o que sentimos...intensa,forte,mulher, fêmea!
    Linda noite querida
    beijosssssssss
    *linda imagem*

    ReplyDelete
  7. DaniDani12:55 PM

    Conheco essa cestinha... hehehe

    Beijocas

    ReplyDelete
  8. Para DaniDani:

    Te amo filhota, "cestinha" da sua casa... hehe

    ReplyDelete

Obrigada pela sua visita!

 
luzdeluma st © Code is Pocket