Wednesday, August 29, 2007

Play it again Sam...

Wednesday, August 29, 2007

(1915 - 1982)

Linda e clássica, corajosa e apaixonada, ela desafiou a sociedade e quase perdeu sua brilhante carreira por amor.

Ingrid Bergman nasceu em Estocolmo e aos dois anos perdeu sua mãe, tendo sido criada pelo pai, um fotógrafo boemio que lhe transmitiu o amor pelo teatro. Entrou para a Real Escola de Arte Dramática de Estocolmo e antes de terminar o curso estreou no cinema, levada por um caçador de talentos. Em dois anos participou de nove filmes na Suécia .

Já famosa no seu país, Ingrid foi levada para Hollywood em 1939 para estrelar a versão de um dos seus mais bem sucedidos filmes suecos, "Intermezzo". A partir daí, o mundo inteiro rendeu-se a uma grande atriz que tinha um estilo próprio que em Hollywood alguns diretores e produtores definiam com um glamour ao ar livre, que fazia com que ela intrepretasse da mesma maneira vibrante tanto uma camponesa como uma princesa.

Foi premiada3 vezes com o Oscar (duas como melhor atriz e uma como melhor atriz coadjuvante). O primeiro em 1944 com "À Meia-Luz", o segundo em 1956 com "Anastácia, a Princesa Esquecida", e o terceiro em 1974 como uma solteirona retraída em "Assassinato no Orient Express". Participou em numerosos filmes, incluindo clássicos do cinema americano, como ''Casablanca'', ou do italiano, como ''Stromboli''.

Casou-se em 1937 com Petter Lindström , com quem teve uma filha, Pia. Em 1949 divorciou-se e casou com o diretor italiano Roberto Rossellini, uma união que causou muita polêmica, pois ambos eram casados quando se apaixonaram e abandonaram as respectivas famílias para ficarem juntos. Essa paixão fez com que Ingrid fosse acusada de adúltera e de mau exemplo para as mulheres americanas e levou-a a ficar anos sem filmar nos Estados Unidos. Com Rossellini ela teve três filhos: Roberto e as gêmeas: Isotta Ingrid e Isabella, que hoje também é atriz. Em 1957 se divorciou e em 1958 casou-se com Lars Schmidt , do qual também se divorciou em 1975. (texto traduzido e muito adaptado).

Ingrid morreu no dia em que completaria 67 anos, depois de lutar seis anos contra um câncer nos seios e de fazer duas mastectomias.(ela era mais MULHER que seios). Em uma entrevista um ano antes de falecer, Ingrid disse que recusava a se render à doença e que por isso continuava a fumar e a beber vinho e champagne. Ingrid amou. Viveu. Sorveu. Permanece.

Atuou em mais de 50 filmes no total, mas com certeza o que fica na alma dos "românticos de carteirinha" é Casablanca.( tentei postar o vídeo... adivinhem? não deu.)

Assim viveu Ingrid Bergman, que nasceu e morreu em 29 de agosto.


beijos e boa 4 feira a todos !


Tina

20 comments:

  1. Tina, mas hj ainda é 28 de agosto não 29.
    Ela é mãe da atriz Isabella Rosellini

    ReplyDelete
  2. Que linda ela né? Nossa...perfeita!
    dia feliz,flor
    beijos

    ReplyDelete
  3. se eu era fã da atraz, agora do fã da pessoa.

    ReplyDelete
  4. Maravilhosa!
    Ah! Tenha um dia iluminado.
    Beijos

    ReplyDelete
  5. Não sabia desta riqueza de detalhes,TINA.
    E fiquei impressionado com sua disposição no ultimo ano de vida.

    Beijão!!

    ReplyDelete
  6. Fora tudo isso que você falou, ela tinha um rosto que foi esculpido pelo próprio Deus em um momento de grande inspiração. Linda demais. Beijocas

    ReplyDelete
  7. Bela homenagem, Tina querida... Ingrid, sempre! Linda!

    bjss

    ReplyDelete
  8. ... e a Izabella é quase uma réplica da mãe!

    ***

    e o elicpse de ontem da dona lua foi atrapalhado pelas nuvens e nebulosidade!
    e hoje ela ainda estava lá, no céu nebuloso!
    bjs!!!

    ReplyDelete
  9. Ingrid sempre foi um ícone do cinema mundial e você Tina, nos presenteia com informações valiosas à respeito desta exuberante atriz e mulher. Bjs.

    ReplyDelete
  10. Taí... eu adoro cinema, mas essa biografia eu não sabia. Brigadão! :09 Bjs, boa semana

    ReplyDelete
  11. Lembro-me da figura da Ingrid, Tina... uma daquelas pessoas que dão vida aos nossos sonhos! :)

    ReplyDelete
  12. Ingrid linda demais.

    Bela homenagem, Tina!!

    Beijos

    ReplyDelete
  13. Ingrid era uma mulher linda, uma pessoa linda... E uma atriz de fazer a gente perder o fôlego!
    Excelente o post.
    Carpe Diem. Aproveite o dia e a vida.

    ReplyDelete
  14. q lindo..adorei saber.
    e acho lindo isos de morrer no mesmo dia q nasceu..


    /(,")\\
    ./_\\. Beijossssssssss
    _| |_.................

    ReplyDelete
  15. Sou vidrada em cinema, mas não conhecia metade disso que você escreveu!

    ReplyDelete
  16. Tambem acho que vc falou tudo..era um grande cineastra

    ReplyDelete
  17. Essa semana vi um filme na HBO com Isabela Rosellini, filha de Ingrid, fazendo uma ponta. Ela é tipo aquela filha sem nome da Dina Sfat, ou, pior ainda, a Maria Rita: parece com a mãe, só que chata, bocó, avacalhada e sem um pingo de glamour.
    :)
    BJôka !

    ReplyDelete
  18. Your Soul2:59 PM

    Linda demais ela, né?
    BEijos

    ReplyDelete
  19. O mais interessante Tina, é que mesmo hoje essa mulher continua linda e passa uma sensação gostosa de serenidade.
    E olha que o padrão de beleza dos nossos dias é completamente diferente!!!
    Um bela lembrança, em todos os sentidos!

    ReplyDelete
  20. Aliás, querida, do que é que você não entende, né???
    Beijos!
    Ai... Casablanca! Que bela escolha você fez.

    ReplyDelete

Obrigada pela sua visita!

 
luzdeluma st © Code is Pocket