Thursday, November 01, 2007

Paz

Thursday, November 01, 2007
by Affonso Romano de Sant’Anna


"Os homens amam a guerra.
Por isso se armam festivos em coro e cores
para o dúbio esporte da morte.
Amam e não disfarçam.
alardeiam esse amor nas praças,
criam manuais e escolas,
alçando bandeiras e recolhendo caixões,
entoando slogans e sepultando canções.

Os homens amam a guerra.
Mas não a amam só com a coragem do atleta
e a empáfia militar, mas com a piedosa
voz do sacerdote, que antes do combate
serve a hóstia da morte.
Foi assim na Criméia e Tróia,
na Eritréia e Angola,
na Mongólia e Argélia,
na Sibéria e agora.

Os homens amam a guerra e mal suportam a paz.
Os homens amam a guerra, portanto, não há perigo de paz.
Os homens amam a guerra, profana ou santa, tanto faz.
Os homens têm a guerra como amante, embora esposem a paz.

...Durante séculos pensei que a guerra fosse o desvio
e a paz a rota. Enganei-me.
São paralelas, margens de um mesmo rio,
a mão e a luva, o pé e a bota.
Mais que gêmeas, são xifópagas,
par e ímpar , sorte e azar.
São o ouroboro - cobra circular
eternamente a nos devorar.

A guerra não é um entreato.
É parte do espetáculo.
E não é tragédia apenas,
é comédia, real ou popular,
é algo melhor que circo:
- é onde o alegre trapezista
vestido de kamikase
salta sem rede e suporte,
e o contorcionista se parte
no kamasutra da morte.

A guerra não é o avesso da paz.
É seu berço e seio complementar.
E o horror não é o inverso do belo
- é seu par.

Os homens amam o belo,
mas gostam do horror na arte.
O horror não é escuro,
é a contraparte da luz.

... Nem cínico nem triste. Animal
humano, vou em marcha, danças, preces
para o grande carnaval.

Soldado, penitente, poeta, a paz e a guerra,
a vida e a morte me aguardem
num atômico funeral.

Acabará a espécie humana sobre a Terra?
Não.
Hão de sobrar um novo Adão e Eva
a refazer o amor,
e dois irmãos: - Caim e Abel
a reinventar a guerra."

Este post faz parte da blogagem coletiva chamada pelo Lino: e chamar ou pedir a Paz nunca é demais. A gente tenta, faz, escreve, conclama, merece, chama e não desfaz: Quero PAZ!

E espero que os versos (bem escritos) que transcrevo fiquem para trás.

beijos e bom fim de semana a todos.


Tina

30 comments:

  1. Nossa, adorei...
    Beijos, linda!! Bom final de semana também.

    ReplyDelete
  2. Ótima escolha, linda.

    Amo Afonso Romano.

    Beijos e Paz

    ReplyDelete
  3. Um belo post. O homem realmente ama a guerra, ama as coisas ruins, as mazelas, o horror, ama a maldade.

    PS. eu testei os videos do Heroes e estao funcionando normalmente. Nao precisa de nada especial påra a assistir. se o primeiro video na funcionar para vc, clica no video de baixo que e a mesma coisa..mas em homenagem a voce vou tentar colocar todos os videos ja no meu blog. Mas e um trabalho duro, porque esse site e japones..e e dificil de achar os videos.mas vou me esforcar para deixar vc feliz e satisfeita com meu blog

    ReplyDelete
  4. Cirilo Veloso8:25 AM

    Acabei de dizer em outro blog que as pessoas querem paz, mas parecem esperar que ela caia do céu. Nada fazem a respeito... querer é só o primeiro passo...

    ReplyDelete
  5. Grace Olsson9:38 AM

    amiga TINA, o homem ama o poder e este é movida pela inveja, ganância e tudo o quanto é ruim. mas a paz precisa de ser acionada por cada um de nós.Beujos de muita PAZ>

    AH, meu link é www.almacigana.blogspot.com
    Já me escreveram pertguntando se esse site .com.br é meu. Mas não é não.Eu jamais faria um blog com nome fictício.beijos

    Grace

    ReplyDelete
  6. Tina, já até parece campanha que estou fazendo. Eu propus uma blogagem coletiva sobre blogagens coletivas, mas parece que os que fazem blogagens coletivas não são democráticos na hora de debater esse assunto. Ou me engano?

    Beijos individuais.

    ReplyDelete
  7. Paz para o mundo!!
    dias lindos Tinavózinha
    beijos

    ReplyDelete
  8. Lindo, lindo, lindo!!!!!
    Pela paz!
    Bjos...alegria e paz!

    ReplyDelete
  9. ...som e Norminha.

    ReplyDelete
  10. Tina, lindos versos!
    Muita paz pra você.
    Beijos

    ReplyDelete
  11. Muito lindo o texto Tina.

    BIG BEIJOS TRICOLORES..

    É PENTACAMPEÃOOOOOOOO!!!!!!!!!

    ReplyDelete
  12. Ótima mensagem! Parabéns.

    ReplyDelete
  13. Paz é tdo q precisamos.


    ...... @@ ......... um abraço
    ....@(`;`)@........e um ótimo
    0==/--\\\\==0.....feriado
    ...../___\\\\...........
    ....._| |_...........beijossss

    ReplyDelete
  14. Meire6:56 AM

    Tina te mandei um email...

    ReplyDelete
  15. Escolheu um texto muito bom.

    ReplyDelete
  16. Um belo poema.
    Um beijo e bom feriado.

    ReplyDelete
  17. Lindo o poema!
    Concordo inteiramente com cada palavra.
    Também entrei na blogagem coletiva proposta pelo grande lino.
    Carpe Diem. Aproveite o dia e a vida.

    ReplyDelete
  18. Lindo,lindo e lindo.
    Beijocas minha fofa e parabéns pelo belo post.

    ReplyDelete
  19. por isso não acredito muito em campanhas, acho que elas enfatizam aquilo que estão contra, e isso só piora tudo. ótimos versos, tristes, temos que mudar a paz - primeiramente - dentro de nós.

    beijos!

    ReplyDelete
  20. Sempre poderemos acreditar na paz, Tina... enquanto formos capazes de lutar por ela! Parabéns pelo belo post, e bom fim de semana, amiga!

    ReplyDelete
  21. Olá Tina. O que é a paz, afinal? Um tema inesgotável e uma meta a ser atingida por todos nós. Um grande abraço.

    ReplyDelete
  22. Sabia que a pomba é extremamente agressiva e uma péssima escolha como símbolo da paz? A gente acaba comprando a imagem e nessa vamos todos sendo enrolados...assim como nas promessas eternas de paz.

    Beijos pacíficos, pombas! rs

    ReplyDelete
  23. Muito bonito,TINA.
    Que a paz se instale logo no coração,e na mente,das pessoas.

    Beijão!!

    ReplyDelete
  24. Linda sua colaboração á blogagem coletiva!
    ;)


    Beijão e bom fim de semana!!!

    ReplyDelete
  25. Tina, que poema!
    Triste, porém real.

    beijos, bom final de semana.

    ReplyDelete
  26. ótimo o poema do Afonso. Mas se guerra e paz são irmãs, espero que a segunda preveleça sobre a primeira e que venhamos, efetivamente, a ter paz, pessoal e geral.
    Muito obrigado pela participação

    ReplyDelete
  27. Eu a-do-ro o Affonso Romano de Sant’Anna. Muito lindo seu post!

    ReplyDelete
  28. As mulheres não contribuiram com as guerras a não ser na medida de parir soldados.Não mandaram e nem mandam patavina.Assim sendo fico fora desse poema.

    ReplyDelete
  29. Belos versos, boa causa! Esperemos que um dia a paz surja de dentro de nós! Bjs, bom fds

    ReplyDelete

Obrigada pela sua visita!

 
luzdeluma st © Code is Pocket