Friday, February 29, 2008

Pra pensar

Friday, February 29, 2008

"Para quem não sabe, o autor de "Gostava tanto de você", Edson Trindade, não escreveu esta música por causa de uma namorada que o tinha abandonado, mas sim, para a filha dele que havia falecido em um acidente.

Talvez essa letra seja um bom motivo para você começar caçar borboletas, dançar, brincar, sorrir, namorar, beijar, nadar, andar de bicicleta, soltar pipa, etc.

Releia a letra da música pensando no seu verdadeiro significado.

Gostava Tanto de Você

Não sei por que você se foi
Quantas saudades eu senti
E de tristezas vou viver
E aquele adeus não pude dar
Você marcou a minha vida
Viveu morreu na minha história
Chego a ter medo do futuro
E da solidão que em minha porta bate
E eu gostava tanto de você...
Gostava tanto de você...
Eu corro e fujo destas sombras
Em sonhos vejo esse passado
E na parede do meu quarto
Ainda está o seu retrato
Não quero ver para não lembrar
Pensei até em me mudar
Lugar qualquer que não exista
O pensamento em você
E eu gostava tanto de você...
Gostava tanto de você...

O que podemos refletir sobre isso? Aproveite cada momento da sua vida ao máximo, passe o maior tempo possível com as pessoas que você ama (família, amigos e amores) e torne estes momentos inesquecíveis. Pode ser a última vez que vocês estejam juntos.

A cada dia que se passa, se fortalece a idéia de que é importante aproveitar cada dia, cada
minuto de nossa vida, como se fosse o último, porque ele realmente pode ser. Não devemos dar muita importância ao que os outros vão pensar ou falar... o que importa é sermos realmente felizes, não importando o quanto você possa parecer bobo ou errado, frente aos olhos de quem nunca vai saber o que realmente se passa em sua mente ou no seu coração."

Recebi por e-mail e desconheço a autoria, mas achei que valia postar, pensar um pouco já que eu mesma desconhecia essa explicação para a letra desta música linda - tristemente linda.

Colocar em prática os dizeres acima é idéia melhor ainda para o fim de semana, não?

beijos e bons momentos a todos,

Tina

19 comments:

  1. Não conheço esta música, mas gostei da letra. Já liguei minha mulinha pra baixar. Escrevi um texto parecido dias atrás.

    ReplyDelete
  2. Não conheço a musica,mas a letra é linda,TINA.
    Vou ver se consigo ouvi-la.

    Beijos e um otimo fds a vc.

    Ah,e o email??rsss

    ReplyDelete
  3. Eu sabia... mas antes de saber achava que era apenas mais uma canção de amor dedicada a alguma namorada, depois que descobri a real inpiração dela achei a letra mto mais bonita e tocante!
    Bjinhos e ótimo fim de semana!

    ReplyDelete
  4. Valeu a pena, mesmo, Tina... excelente post! Comovente e inspirador. Bjs, bom fds

    ReplyDelete
  5. Não temos tempo, temos que aproveitar o hoje, sempre e sempre...

    Belo post dona moça...

    Tenhas um ótimo fim de semana (=

    :*

    ReplyDelete
  6. Texto para reflectir...profundamente...


    Nos umbrais do pensamento
    Mora o desejo no limite da razão
    Roubando os segredos do corpo
    Lançando ao vento a emoção

    Uma rosa breve guarda a beleza
    O amor é orvalho de feliz pranto
    O horizonte é o começo do infinito
    A chegada de uma onda é alegro canto

    Convido-te a sentir o beijo da chuva

    Bom fim de semana


    Mágico beijo

    ReplyDelete
  7. Essa música é um clássico da cultura musical brasileira. Sempre curti mto, cantei com os amigos, dedilhando um violão... mas nunca fiquei sabendo de sua origem!!!

    Puxa! A música, agora, tomou outra forma. Não se tratava, então, de uma música de fossa! Nuss... fiquei realmente emocionado, agora!

    Belo post! Tristemente lindo...

    Beijão

    ReplyDelete
  8. Eu gosto demais dessa música e não sabia de sua história. Agora vou gostar mais ainda. Carpe Diem. Aproveite o dia e a vida.

    ReplyDelete
  9. desconhecia letra/canção, mas é reveladora de muita sensibilidade e o motivo é comovente. abraço.

    ReplyDelete
  10. Oi Tina! sempre gostei muito dessa música e vivia cantarolando, mas desconhecia esse fato, que triste isso! reli a letra cantando baixinho e ficou mais tocante ainda...
    beijos

    ReplyDelete
  11. depois que soube disso nunca mais ouvi a música da mesma forma. quanta música a nossa vida toca sem que paremos para ouvi-las né?
    quanta coisa passa sem que a gente veja passando.
    mariah

    ReplyDelete
  12. Adoro essa música, lembro do tim maia cantando.
    Big Beijos

    ReplyDelete
  13. Realmente essa música é belíssima na letra e na música.É tão perfeita que vale para qualquer perda porque é universal.Muitos cantores a gravaram ficando linda na voz de todos eles embora seja muito diícil interpretá-la.Boa lembrança.Fundamental eu diria.

    ReplyDelete
  14. Oi Tina,
    ando um pouco afastada sim das postagens e dos blogs, o tempo está corrido, por enquanto, inclusive para fotografar (mas é por um bom motivo)
    Obrigada pelo carinho de sempre.
    Bjo

    ReplyDelete
  15. Realmente é uma lição de vida muito linda!
    A gente tem sempre que aprender a dizer as coisas com significado, dessa forma, um "bom dia" dito com o coração, realmente se transformará num bom dia.
    E o meu dia está bem melhor depois de ler isso ;)


    Abraços!!

    ReplyDelete
  16. É linda, sim! Mas a saudade que nele permanece, por certo é ainda mais intensa...

    ReplyDelete
  17. Adorei saber a história desta música, Tina.
    Aqui temos um grupo, que se chama Mr. Gyn que tem uma música chamada Sonhando. A letra é linda, e o autor a compôs para o pai que faleceu. Dá também a idéia de ter sido feita para uma mulher...
    "Se passo o dia, paro e escuto o vento
    E ainda não posso entender
    Como o improvável insiste em acontecer
    Se ando sempre no mesmo caminho
    E ainda me encontro com alguém
    E vejo que não estou sozinho, eu sei
    Se passa o dia, o tempo e conto as horas, e eu sem
    Perceber
    Que estou parado vendo o seu retrato,e não vou mais te
    Ver
    E vou tentando aceitar
    As vezes fujo, corro de mim mesmo, canso e me esqueço
    De lutar
    Sabendo que não posso ser tão tolo assim
    Quando me vejo já estou cantando
    Solto minha voz e desabafo enfim
    Se o telefone toca, eu já sei mesmo que não é você
    Se tudo que um dia me falou, eu vejo agora acontecer
    Se a saudade aperta e eu não tenho nada a fazer
    Senão apenas chorar
    Não vou mais querer explicar, eu já sei
    Alguém me soprou e falou
    Tudo sobre você, que ainda eu vou te ver
    Eu quero deitar e sonhar outra vez
    Tocar, te ouvir, te sentir
    E poder te dizer, como eu amo você
    Tocar o meu violão e te ver
    Me pedindo pra viver"

    ReplyDelete
  18. Tina, que coisa - não sabia da história. Me pareceu mais triste por esse ângulo, não apenas uma partida pra esquina defronte, mas pra mais longe, deixando saudade. Ao ler isso pensei em Tears in Heaven do Eric Clapton, que fez pro filho de 4 anos que caiu da janela do apartamento. É importante passar o maior tempo com quem amamos, sempre.

    Beijão!

    ReplyDelete

Obrigada pela sua visita!

 
luzdeluma st © Code is Pocket