Wednesday, December 13, 2006

Natal mundo afora...

Wednesday, December 13, 2006


As celebrações de Natal incluem um grande número e variedade de costumes sejam eles materiais, religiosos ou regionais e estes costumes variam de país para país:

No Hemisfério Sul o Natal acontece durante o verão. Isto não combina com a iconografia de inverno tradicional, resultando em raridades como um Papai Noel vermelho coberto de peles que surfa na Praia de Bondi de Austrália. Os Neo-Zeolandeses celebram o Natal geralmente na praia, o que coincide com o florescer vermelho e vibrante da Pohutukawa ou " a árvore de Natal da Nova Zelândia."


O Japão adotou Papai Noel para sua celebração de Natal , mas o dia de Ano Novo é o feriado mais importante. Na Coréia do Sul o Natal é celebrado como um feriado oficial, e na Índia é chamado freqüentemente de “ bada estrondeiam “ ("o grande dia"). As celebrações giram em torno de Papai Noel e das compras.

Na Polônia, o Papai Noel (o polonês: Swiety Mikolaj) dá presentes em duas ocasiões: na noite de 5 de dezembro (para que crianças os achem na manhã de 6 de dezembro), e na véspera de Natal (para que crianças achem os presentes no mesmo dia). Além de seguirem as principais tradições de Natal, as crianças na Alemanha colocam seus sapatinhos na porta na noite de 5 de dezembro, e os encontram cheios de doces e pequenos presentes na manhã seguinte.


O Papai Noel (em húngaro: Mikulás), também visita a Hungria no dia 6 de dezembro, trazendo pequenos presentes, e é acompanhado freqüentemente por uma criatura chamada Krampusz; já na véspera de Natal é Jesus quem entrega os presentes.

Na Espanha por sua vez, presentes são trazidos pelo Magi no Dia de Reis (6 de janeiro), e na Escócia, os presentes eram tradicionalmente dados em Hogmanay que é a véspera de Ano novo. Mas últimamente esses países adotaram também a prática de presentear na Noite de Natal ou no Dia de Natal mesmo.

Na Rússia, o “ Vovô de Gelo”(o nosso Papai Noel) traz os presentes na véspera do Ano novo, e são abertos na mesma noite. Vale lembrar que depois da Revolução Russa a celebração do Natal foi proibida (?) na Russia e durou de 1917 até 1992.

Sabiam que até hoje, tanto nos EUA quanto na Europa, várias denominações cristãs puritanas e alguns fundamentalistas vêem o Natal como um feriado pagão não sancionado pela Bíblia ?

Já tinham ouvido falar que as Poinsettias (lindas flores com jeitinho de Natal) começaram a ser relacionadas ao Natal em 1828 através de Joel Roberts Poinsett, primeiro embaixador mexicano nos Estados Unidos, que importou a planta do México? (fonte - texto traduzido e adaptado).

No Brasil a gente sabe bem como é: o Natal é celebrado com muita comida gordurosa (totalmente inapropriada para o clima) mais nozes, amendoas, castanhas e avelãs : quentes e erradas novamente para um país tropical. Deveríamos celebrar um Natal de frutas, saladas e pratos leves. Mas é Natal. E a gente celebra. O Homenageado merece. E cada um na sua.

Curiosidade final: O dia 25 de dezembro não era celebrado como o nascimento de Cristo até o ano 440 DC. A História assim diz.

beijos,

Tina

23 comments:

  1. Oi Tina! interessante saber como cada lugar comemora essa data, "engordei" mais um pouquinho...rs..
    beijo

    ReplyDelete
  2. Tina, um belo texto.
    Eu ainda não me decidi se escrevo sobre o natal ou não, o que voce acha? escrevo? rsss
    beijos

    ReplyDelete
  3. Seu post está lindo, super caprichado. As ilustrações e o texto perfeitos !
    Não tenho religião, não acredito em nada disso, detesto natal, acho aquelas comidas natalinas nojentas e ainda que gostasse dessa festança estaria super decepcionado com a esculhambação comercial que se tornou.
    Ainda assim, seja feliz, já que gosta. Você merece.
    Bjs!

    ReplyDelete
  4. Tina, adoro o Natal e curto preparar a ceia, procuro não fazer tão gordurosa. mas acho que cada um curta do jeito que quiser e acreditar.

    Bjos.

    ReplyDelete
  5. Na Noruega e uma mistura de festa pagå com cristå---boa quarta

    ReplyDelete
  6. Tina, adorei saber disso tudo. Eu simplesmente adoro o Natal. Beijocas

    ReplyDelete
  7. É como eu sempre disse: Blue Moon é sentimento e cultura! Reflexo da dona, aliás... ;) Bjs, Tina. Belo post!

    ReplyDelete
  8. só acho que tem comércio demais.

    ReplyDelete
  9. Bem...você leu o que escrevi sobre o Natal, não é? Mesmo assim, valeu pela parte cultural da coisa.

    Beijos.

    DB.

    ReplyDelete
  10. Nossa, quanta coisa boa e interessante. Desconhecia algumas coisas, como o caso dos japoneses darem mais importância ao reveillon. Este tipo de coisa deveria ser mais divulgada nos blogs, não só enfeites e pisca piscas. Né? Cultura sempre! Agora vou ali embaixo ver o que perdi. Meu beijo.

    ReplyDelete
  11. Acho que devíamos adotar o modelo que comemora na praia dos neo- zeolandeses, rs*

    beijos, querida!

    MM

    ReplyDelete
  12. Anonymous4:29 PM

    Tina, comemoro o natal como uma festa de confraternização da família, algo como a noite de Ação de Graças para os americanos. Rezamos, fazemos os nossos pedidos para o ano que se aproxima e agradecemos tudo o que nos foi dado. A minha família é religiosa.
    A minha ceia é bastante original e não adotamos o peru, leitoas, frutas secas e tals. Adoro uma salada de Bacalhau que mamy faz todo ano! Do natal tradicional, amo panetone.
    O nascimento de Cristo foi 6 ou 7 anos antes da era cristã.
    O "Dies Natalis Invicti Solis" era o dia do Deus Sol e era comemorado no dia 25 de Dezembro.
    O Papa Julio quis acabar com essa bandalheira de adorar o sol e adotou o dia 25 como o dia de adoração à Cristo.
    Gosto da comemoração desses países que separam as datas de ganhar presentes do natal. Se bem, é triste para quem não tem dindim pra comprar, mas é tão bom ganhar!

    Beijus

    ReplyDelete
  13. Anonymous4:30 PM

    E a missa do galo?? Sabe a origem dela?? (rs*) + beijus

    ReplyDelete
  14. Anonymous7:25 PM

    E a gente vai aprendendo... Beijos

    ReplyDelete
  15. Mônica9:05 PM

    interessantíssimo! sempre bom aprender mais um pouco!

    beijos

    * Alex é meu sobrinho postiço, viu?
    Nòs nos adotamos virtualmente...rs

    ReplyDelete
  16. Márcia(clarinha)11:19 PM

    Super interessante ler tudo isso, adorei saber mais sobre essa festa que gosto tanto.
    linda noite,flor
    beijosssssssssss

    ReplyDelete
  17. Confesso, não li. Não to lendo nenhum post de Natal!! Sem saco total pra essa data! kkkkkk

    Beijos

    ReplyDelete
  18. Como é bom aprender, né?
    Beijos lindona.

    ReplyDelete
  19. Well done!! Espalhando cultura por ai...

    Merry Christmas!!

    Love u

    ReplyDelete
  20. Muito legal esse post! Uma "aula"!!!!
    Feliz Natal!!!
    Bjos...muitas alegrias.

    ReplyDelete
  21. Hum... Informações e mais Informações =]

    Adorei saber de todos detalhes do Papai noel pelo mundo...

    Muito bacana o post... bom demais...

    Bom fim de semana pra tu moça

    :***

    ReplyDelete
  22. Querida Tina, está muito bonito e glamuroso esse post sobre o Natal !
    Sei que pode parecer um pouco cedo ou precipitado, mas acho que provavelmente vou viajar e não poderei mais ver os blogs amigos até o final do ano.
    Portanto quero deixar-lhe desde já os meus votos sinceros de felicidades, saúde e paz para você, seus leitores, amigos e a sua família.
    Um beijo
    e até breve
    Kristal

    ReplyDelete
  23. Adorável Tina,

    Mais informações precisas e tão povoadas de amor que nos passa !

    É sempre um prazer, uma alegria infinita ler-te, aprender e partilhar contigo!

    Beijos no coração,
    Da amiga,
    Dani

    ReplyDelete

Obrigada pela sua visita!

 
luzdeluma st © Code is Pocket