Saturday, December 09, 2006

Ela é Clarice!

Saturday, December 09, 2006

"Nós, os que escrevemos, temos na palavra humana, escrita ou falada, grande mistério que não quero desvendar com o meu raciocínio que é frio. Tenho que não indagar do mistério para não trair o milagre. Quem escreve ou pinta ou ensina ou dança ou faz cálculos em termos de matemática, faz milagre todos os dias. É uma grande aventura e exige muita coragem e devoção e muita humildade. Meu forte não é a humildade em viver. Mas ao escrever sou fatalmente humilde. Embora com limites. Pois do dia em que eu perder dentro de mim a minha própria importância - tudo estará perdido. "

(Clarice Lispector, in "Uma Aprendizagem ou o Livro dos Prazeres (discurso do personagem Ulisses)"

Admiro, gosto, me enlevo em Clarice. Sinto pela vida perdida, agradeço pela poesia e versos que ganhamos, sinto falta do que não tivemos, lamento pelo tanto de escritos que perdemos... Vida linda, vida vivida e como ela mesmo disse em 1976: "Escrevo para me manter viva".

Clarice era única: lírica, era poesia e versos - dela hoje o céu se inunda. Perdemos e ganhamos ao mesmo tempo, pelo menos - sabemos dela! Quem me dera fazer parte do "nós" mencionado acima, quem me dera escrever , de longe, quase assim, quem me dera...Isso era ela, só dela.

Clarice: a ucraniana mais brasileira que se tem notícia, poetisa, por vezes incompreendida, amante e amada, sofrida, como nós: brasileira simplesmente. Linda.

Este post faz parte da coletiva chamada pela Cris: uma homenagem a Clarice Lispector, nos seus dias - de vida e morte -. E pergunto: quem escrevia assim MORRE? Ela é Clarice.


beijos,

Tina

20 comments:

  1. Tina, realmente Clarice era uma grande escritora. E esta foi uma bela hoimenagem! :) Bjs, bom fds

    ReplyDelete
  2. Tina, lindo demais. Beijocas

    ReplyDelete
  3. Minha querida Amiga Tinha,

    É Clarice, é a estrela maior que nos honrou com a sua literatura ímpar, com seus poemas, romances, crônicas. Também escrevi sobre ela é claro !]

    MARAVILHOSO POST MINHA AMIGA QUERIDA !

    Beijos,
    Da amiga,
    Dani

    ReplyDelete
  4. eu adoro os versos dela...bom domingo

    ReplyDelete
  5. Sabe, por algum motivo, tive pouca visibilidade dos versos da Clarice quando estudei literatura no colégio (e olha que era uma matéria bem abrangente, e eu adorava!). Na listinha de livros para trazer quando for ao Brasil no próximo ano, já tem alguns dela.
    Linda homenagem!Beijocas

    ReplyDelete
  6. Clarice? Esta deusa da literatura está vivinha, mas preferiu não ficar aqui, e sim dentro das próprias palavras... :)

    ReplyDelete
  7. oi Tina! bela homenagem à Clarice!
    vou postar amanhã...
    beijos e bom fim de semana!

    ReplyDelete
  8. Anonymous11:08 PM

    não, não morre. sou fã declarada dessa mulher. acho que quem melhor definiu o que é ler Clarice foi Guimarães Rosa quando disse que lê-la é ler para a vida.

    belo post, moça

    beijos

    ReplyDelete
  9. Clarisse e Florbela; duas grandes Mulheres!

    ReplyDelete
  10. Tina, da Clarice ficou marcado o livro a Hora da Estrela, maravilhoso. Ela merece todas as homenagens.
    Participo da blogagem coletiva e presto tbm homenagem a outra mulher que nasceu no mesmo dia da Clarice: Cássia Eller.

    Bjos.

    ReplyDelete
  11. Muito merecida a mega blogagem,TINA
    Beijos e um otimo domingo!!

    ReplyDelete
  12. Lindo !!! Adorei.

    bjs

    ReplyDelete
  13. Tina:
    Ótimo post e uma bela homenagem à Cecília. Sua participação foi importante e é por isso que, de público, quero agradecer.
    Muito obrigado.

    ReplyDelete
  14. Tina, boa noite.
    Que maravilha nos encontrarmos na blogagem da Clarice.
    Gostei muito do sentimento que transmitiu tão cracterístico da Clarice!

    beijos

    ReplyDelete
  15. Márcia(clarinha)7:52 PM

    Ela dizia que carregava lis no peito, flor de liz, lispector!
    linda semana,flor
    beijossssssssss

    ReplyDelete
  16. Também escreveu Clarice:

    "Para quem escrevo? E eu sei? Se não. Sim, é verdade, às vezes também penso que eu não sou eu, pareço pertencer a um galáxia longínqua de tão estranho que sou de mim. Sou eu? Espanto-me com o meu encontro."

    E Clarice "é" assim: viva, intensa, forte e absolutamente sensível. Parabéns pelo texto e pelo blog. A postagem coletiva é uma ótima oportunidade de conhecer ótimos blogs, assim como o seu.

    Um abraço, Marcela.

    ReplyDelete
  17. Tina, quem escreve vive para sempre... Clarice vive em nós!
    bjs!

    ReplyDelete
  18. Gostei desses fogos estourando aí em cima do blog, como consegue fazer isso, Tina ? Está super legal !!!
    Nunca tive muito saco pra Clarice.
    Aliás, nenhum saco.
    A tal de Maçã no escuro é uma das coisas mais chatas que já tentei ler na vida.

    ReplyDelete
  19. Olá...vim conhecer seu blog, que aliás é lindo, e ver seu post...MARAVILHOSO!!!! Obrigado querida, por ter participado conosco tá? E que venham outras!!!! Uma semana maravilhosa,e apareça sempre...Bjão carinhoso, Crissssssssssssssssss...

    ReplyDelete
  20. claro que ela não morre! bonito post, bonito blog. Um beijo grande

    ReplyDelete

Obrigada pela sua visita!

 
luzdeluma st © Code is Pocket