Monday, October 16, 2006

Arte

Monday, October 16, 2006
Van Gogh - auto retrato

Ele não se enquadra em nenhuma escola de pintura, embora sua extraordinária percepção das cores possa ter se originado das teorias impressionistas. Afinal foi depois de se juntar ao irmão Théo, em Paris, e conhecer os "Impressionistas", que Vincent começou a abandonar os tons escuros que até então usara, passando a adotar as cores puras , as pinceladas irregulares que deram sensação de luminosidade e leveza aos seus quadros. Técnicas que aplicou sem hesitação e que permitiram-lhe pintar várias obras nos últimos anos de vida.

Os Girassóis - l888

Nasceu em março de 1853 e morreu em junho de 1890. Vida breve : tentou suicídio por amor não correspondido, foi para retiro voluntário em um asilo, viveu uma vida tão cheia de tristeza, mas de antagônica beleza. E pensar que precisou de ajuda financeira do irmão para continuar a pintar. E morreu sem saber o que seus quadros viriam a significar na arte contemporânea. Em julho de 1890 tentou novamente se matar. Conseguiu.

Nuit D´Etoilles

Vi este quadro no Museu D´Orsay quase sem querer (não havia menção em lugar algum de que estaria em exposição). Fiquei parada, estática por um bom tempo, diante de tanta beleza. Não esqueço. Agradeço a oportunidade de ter visto. Quem tiver chance, não deixe de ver, vale a pena.

Vincent William van Gogh é meu pintor/ artista predileto. Vida breve, arte marcante. Brilhante, eternamente brilhante. Como as estrelas.

beijos,

Boa semana!

Tina

18 comments:

  1. Tininha,
    Não é ele que dizem, desconfiam, palpitam, especulam, que era daltonico?
    Um bjo e ótima semana

    ReplyDelete
  2. Gostei,TINA. Tomei uma aula aqui hj,heheheh
    Beijos e uma otima semana a vc.

    ReplyDelete
  3. Os Girassois é simplesmente maravilhoso!!

    Beijos

    ReplyDelete
  4. Adoro seus quadros, minha mãe que me ensinou a gostar dele... pena que não me sai tão bom pintor como ela. Hehe. Beijo enorme.

    ReplyDelete
  5. Tina, gosto muito do Van Gogh tbm. Acho que ele enlouqueceu por não ganhar nada com sua arte. No entanto hoje, pessoas que não produzem ganham milhões com seus quadros. Tem coisas que acho injustas, essa é uma delas.

    Boa semana.
    Bjos.

    ReplyDelete
  6. Tina, Van Gogh foi sem dúvidas um dos maiores pintores de todos os tempos, como Mozar foi, na minha visão o maior músico clássico do mundo. A direfença básica de Van Gogh é a sua maneira única de pintar. Aravés de traços, sem contornos ele fazia-nos ver, a coisa, a pessoa mais real que ela é. A sua virtuose tamanha, não coube em si, como Mozart, também não soube lidar com tanta genialidade explícita até no seu modo de vida. Os dois morreram prematuros, um ainda mais que o outro. Mas foram obras primas de Deus. A teoria do suicídio ser pecado sem remissão, que hoje a igreja reconhece um erro, foi, certamente abalizada na vida de pessoas como esses dois. Como haveria Deus de se privar da companhia de tão geniais criaturas. Que mostraram a beleza em sua essência, que foram bons, como pessoas e como espíritos criadores.

    Um beijo
    Naeno.

    Ah, anes que me esqueça´. Tem uma música minha que o nome dela original é Tina e eu gostaria de te passar a letra. Se julgares inconveniente, me perdoa, adiantado.

    TINA

    Te descortia, Tina,
    mostra o teu riso claro,
    deixa teu corpo,
    magro e franzino
    fazer o movimento da felicidade.

    Poir mais que se evite,
    tudo acontece,
    como acontece a rede qeu se tece,
    prá depois dormir.
    Tudo é tão simples,
    tão complicado
    por mais que ande,
    por mais que eu juja,
    eu estarei, apaixonado.

    ReplyDelete
  7. fico paralisaa quando sei que o amor também é uma flecha que mata.
    beijo, querida.

    ReplyDelete
  8. lindo demais mesmo, esse nunca havia visto.
    bjs queridona

    ReplyDelete
  9. Esse artista grandioso foi a prova de que a genialidade e a loucura andam sempre de mãos dadas.
    Uma mão lava a outra.

    ReplyDelete
  10. Também aprecio muito o talento e obra de Van Gohg, pena que não tenha sido apeciado em vida e a sua obra só tenha sido reconhecida após a sua morte.
    Beijinho Tina
    Fica Bem

    ReplyDelete
  11. Não foi entendido na sua genialidade..reconhecido pós morte é fácil e triste!
    lindo dia flor
    beijosssssssssss

    ReplyDelete
  12. Van Gogh era genial mesmo...

    volte sempre que uiqser lá no pasto, ok?

    beijos

    ReplyDelete
  13. Querida Tina,
    Agora tu pegaste no meu ponto fraco, arte ( em todas as suas vertentes sou uma apaixonada ), também estive no Orsay e vi essa obra.
    A obra de Van Gogh é permeada pela agonia de sua vida. A sua magistralidade nunca fora reconhecida em vida. E ao que consta o quadro mais caro já vendido no mundo foi os girassóis.
    Só depois de tanto tempo a magistralidade de Van Gogh foi reconhecida. Isto é uma pena. Mas o legado que ele deixou é incomensurável para nós apaixonadas pela arte !
    Beijos,
    Dani

    ReplyDelete
  14. As suas telas, a textura das cores, são incinfundiveis!...


    Um beijo Tina...

    ReplyDelete
  15. Anonymous2:46 PM

    Original por não se enquadrar em nenhuma escola! Pinceladas fortes e passionais, adoro!!
    Já leu as cartas para Théo?
    Beijus

    ReplyDelete
  16. São pinturas deliciosas, que nos prendem os olhos com a sua beleza
    beijinhos

    ReplyDelete
  17. Todo gênio deve ser assim... denso, contraditóro, atormentado... e maravilhoso! tb. adoro Van Gogh, principalmente depois que descobri que ele mora no meu jardim!!!!
    bjs!
    ps: achei a foto da blue moon de agosto/05... pra onde eu mando?!

    ReplyDelete
  18. Tina,
    porque não vai nas configurações de seu Blogger, vai em "comentários" e autoriza, marcando "sim" para aparecerem as imagens de nossos avatares aqui ?
    Fica a sugestão.
    bj!

    ReplyDelete

Obrigada pela sua visita!

 
luzdeluma st © Code is Pocket