Tuesday, October 31, 2006

Drummond e as Bruxas...

Tuesday, October 31, 2006

Ele nasceu no dia de hoje, no Dia das Bruxas... e depois de ler Jôka ontem, lembrei-me que um dia ... Drummond escreveu assim:

"Nesta cidade do Rio, de dois milhões de habitantes, estou sozinho no quarto, estou sozinho na América. Estarei mesmo sozinho?Ainda há pouco um ruído anunciou vida a meu lado. Certo não é vida humana, mas é vida. E sinto a bruxa presa na zona de luz. De dois milhões de habitantes! E nem precisava tanto... "

Precisa mais? Quando se trata de: mentes brilhantes, de seres iluminados , de corações, e amores amantes...? Com certeza: sempre queremos mais. Precisava um pouco mais , e faz falta . Falta Drummond, que sabia de amor, de bruxas... e de muito, muito mais.

Para celebrar e/ou brindar o dia do nascimento de Drummond, entre lindas tantas, escolho essa:

Amar o perdido

deixa confundido este coração.

Nada pode o olvido

contra o sem sentido apelo do Não.

As coisas tangíveis tornam-se insensíveis

à palma da mão

Mas as coisas findas

muito mais que lindas,

essas ficarão...

Qualquer coisa dita fica perdida e quase sem sentido... afinal aí acima, está Drummond.

beijos,

Ooops! Happy Halloween, naturalmente!

Tina

19 comments:

  1. Tina, viva o grande poeta! Beijos da Ursa :))

    ReplyDelete
  2. Tina, ótima lembrança! Beijos

    ReplyDelete
  3. Grande Poeta !!!! Valeu a lembrança.

    bjs

    ReplyDelete
  4. Acho que vc não poderia ter escolhido homenagem melhor,TINA.
    Drummond é sempre o THE BEST!!
    Beijão!

    ReplyDelete
  5. Anonymous9:13 AM

    "...amar se aprende amando"
    Beijus

    ReplyDelete
  6. Tina, é um dos meus preferidos este "Memória".
    sabe, o dia das bruxas nos chama ao caminho interior, nada mehor que o auto-conhecimento para expansão da consciência...
    E hoje tem "do meu sorriso" no foca, vai lá, beijo.

    ReplyDelete
  7. :)
    Feliz dia das Bruxas !

    ReplyDelete
  8. Nossa! Ele sabia demais, hiem!!!
    Feliz dia das bruxas!
    Bjs.

    ReplyDelete
  9. Drumond é tudo de bom!

    Beijos

    ReplyDelete
  10. Tina,
    Como me alegra ver pessoas trazendo os grandes da nossa literatura, música, da nossa arte. Como me agrada ler um post dedicado a cultura. ! e Seu post justamente é isto...
    Amo Drummond, amooooo.. amo tudo que escreveu mas sempre me vem uma frase de Drummond (A dor é inevitável, o sofrimento é opcional).!
    Beijossssssssss,
    Da amiga,
    Dani

    ReplyDelete
  11. Tina, boa coincidência essa da poesia do Drummond. Eu ia colocar essa:
    O mundo é grande e cabe
    nesta janela sobre o mar.
    O mar é grande e cabe
    na cama e no colchão de amar.
    O amor é grande e cabe
    no breve espaço de beijar.
    Mas vi que já tinha colocado no ano passado, aí escolhi a que vc escolheu.
    Drummond merece todas as homenagens.

    Bjos.

    ReplyDelete
  12. Anonymous1:42 PM

    Drummont é Drummont. É a simplicidade mostrando a sua perfeição. Parabéns. Beijos

    ReplyDelete
  13. Adoro esta poesia, tinha na voz dele,não sei onde está. Um bj laura

    ReplyDelete
  14. Oi Tina,
    Que linda essa homenagem. E que interessante, nao sabia do Drummond ter nascido no dia das bruxas. Criativa a data é.
    Beijos para voce e voltarei para ler as poesias. Voce ja foi no blog d aLou Salome? Ela tb adora o Drummond. Todo mundo adora. Mas acho que voces adoram mais.
    Camille

    ReplyDelete
  15. Linda homenagem...Parabéns!
    Bjos...muitas alegrias.

    ReplyDelete
  16. Tinha:

    Acho que todo mundo caprichou na escolha de um ou mais poemas do Drummond. E não foi diferente com você.
    Dizer que ela é bela é redundância, já que tudo o que ele fez é muito bonito, seja em verso, seja em proza.

    ReplyDelete
  17. Adoro Drummond. Dia das bruxas? Bem lembrado...tenho de deixar um bilhete na porta..estou com gripe e de cama, não pensei em Tricks or treats hoje...
    Um beijo querida Cris e obrigada pela presença, no último dia 06.

    ReplyDelete
  18. Realmente nada mais a quando o mestre já disse tudo...me resta render homenagens e agradecer.
    Linda noite flor
    beijosssssssss

    ReplyDelete
  19. Drummond é perfeito...

    Um dos meus poetas preferidos...

    "Se de tudo fica um pouco,
    mas por que não ficaria
    um pouco de mim?"

    Poizé... Magico...

    Beijoooooooo

    :*********

    ReplyDelete

Obrigada pela sua visita!

 
luzdeluma st © Code is Pocket